A Usurpadora

A USURPADORA

Capítulos

Além da Usurpadora - Capítulo 3 - 10/05/13

Não perca as emoções do capítulo final.

Além da Usurpadora - Capítulo 2 - 09/05/13

Determinada a fazer de Raquel sua substituta, Paulina começa a ensinar a jovem a agir como uma verdadeira dama e numa conversa franca conta a ela seu plano de transformá-la na nova senhora Bracho. Estephanie está ansiosa para saber quando poderá deixar a clínica. Adelina diz que ela precisará ficar ainda mais uns dias em observação. Ela pergunta pelo filho e ao saber que ele está sendo criado por Rodrigo e Patrícia fica preocupada, pois seu coração de mãe lhe diz que seu irmão não vai querer devolvê-lo. Patrícia, que foi ao sanatório com Adelina, chega em casa desesperada, conta ao marido como encontrou Estephanie e diz a ele que logo terão que entregar a criança. Decidido a lutar pela guarda do menino, Rodrigo decide falar com a irmã e dizer a ela que não pretende devolver seu filho. A revelação deixa Estephanie desesperada. 

Além da Usurpadora - Capítulo 1 - 08/05/13

Um ano depois do casamento de Paulina e Carlos Daniel a paz e a felicidade finalmente estão presentes na família Bracho. Paulina e Carlos Daniel estão felizes com o nascimento de Paulinha, a primeira filha do casal. Rodrigo e Patrícia realizam o sonho da paternidade cuidando do filho de Estephanie, que continua internada em um hospital psiquiátrico, mas já apresenta sinais de melhora.  A fábrica Bracho saiu da crise e agora vive um de seus melhores momentos exportando seus produtos para o mundo. Paulina começa a sentir vertigens e o médico pede que ela faça alguns exames. Mas, no dia em que vai buscar os resultados Paulina recebe uma notícia que a deixa arrasada. O diagnóstico não poderia ser pior, o médico diz que ela tem um câncer terminal e que só lhe restam seis meses de vida.  Depois de pedir a ele que não comente nada com ninguém de sua família, Paulina volta para casa tentando disfarçar seu desespero. Ela não consegue se conformar com o que está lhe acontecendo e se preocupa muito com Carlos Daniel, pois sabe que ele sofrerá muito com  sua morte. Paulina pensa então numa maneira de arrumar as coisas para que seu marido não sinta sua falta e decide que vai procurar uma mulher que possa ocupar seu lugar na vida de Carlos Daniel e de seus filhos. A primeira pessoa em quem Paulina pensa é Raquel, a babá de seus filhos, uma mulher bonita e dedicada às crianças e que ela acredita, poderá amar Carlos Daniel e preencher o vazio que sua morte provocará. Mas o que Paulina nem imagina é que Raquel já está apaixonada por Carlos Daniel, não gosta das crianças como faz parecer e pior, não é uma mulher de boa índole. Os dias passam e por mais que Paulina tente ser natural todos percebem que ela anda estranha, triste, ausente e ao ser pressionada pela vovó Piedade decide contar a verdade, mas pede a ela que não diga nada a Carlos Daniel. Enquanto isso, na casa de Patrícia e Rodrigo um outro drama afeta o casal. A visível melhora da irmã deixa Rodrigo arrasado, pois ele ama aquela criança como se fosse seu filho e por mais que Patrícia tente fazê-lo entender que eles não têm nenhum direito sobre ela, Rodrigo se nega a devolver o filho a Estephanie. E este dia não está longe, pois Estephanie acaba de recobrar a razão e pede ao médico que a deixe voltar para casa. 

Capítulo 103, terça-feira, 07 de maio

Não perca as emoções do último capítulo de "A Usurpadora"

Capítulo 102, segunda-feira, 06 de maio

Carlinhos mais uma vez reaproxima Paulina de Carlos Daniel, mas ela continua irredutível e diz que só ficará enquanto o garoto precisar dela.  Enquanto isso, Estephanie vive o pior pesadelo de sua vida. Willy tenta fugir com o bebê, ela sai desesperada atrás dele e implora: “Me dá o meu filho, Willy”.  O homem retruca e diz: “Me dá o dinheiro e eu dou”. Desesperada, ela entrega todo o dinheiro e mais um cheque em branco. E, já com o filho nos braços, é ameaçada por ele: “Muito cuidado, não vá dizer nada para seus irmãos, eles podem me denunciar e então eu volto e levo ele, aí sim você morre”. Mais tarde, Willy se encontra com Maurício e prepara tudo para incendiar a fábrica Bracho. Na mansão, Carlos Daniel tenta convencer Paulina a esquecer da irmã e a aceitar seu amor, mas ela continua obcecada com a ideia de que a lembrança de Paola sempre será um obstáculo entre eles e para tentar fazer que Carlos Daniel a esqueça de uma vez, diz  que vai se casar com Edmundo Serrano. Na hora combinada, Maurício não aparece e Willy decide incendiar a fábrica sozinho. Mas, uma denúncia anônima coloca a polícia em alerta. O fogo é controlado, mas Willy consegue fugir. Enquanto isso, na delegacia, Maurício conta todo o plano para o delegado Merino. Estephanie está horas trancada no quarto e a empregada decide avisar a família. Patrícia e Paulina tentam fazer com que ela saia, mas como ela não responde, arrombam a porta e encontram Estephanie inconsciente. Enquanto isso,  Willy, que acaba de incendiar a fábrica, decide fugir do país levando todo o dinheiro que roubou de Estephanie, mas é preso no aeroporto. Estephanie recebe todo o apoio da família, pede desculpas a todos, perdão a Paulina e decide denunciar Willy por roubo e tentativa de sequestro. Chega o dia do casamento de Paulina e Edmundo e Carlos Daniel não se conforma em perder o grande amor de sua vida. Estephanie vai visitar o marido na cadeia. Ele tenta convencê-la a retirar a queixa, mas ela se nega. Willy cheio de ódio conta a ela que Adelina é sua mãe.

Capítulo 101, sexta-feira, 3 de maio

Pressionada por Willy, Estephanie procura Rodrigo e exige sua parte na herança dos Bracho. Carlos Daniel sabe que a lembrança de Paola continuará sendo um obstáculo entre ele e Paulina e é aconselhado pela avó  a não pressioná-la e deixar que ela escolha o que for melhor para sua vida. Enquanto isso, no hotel, Dr. Edmundo procura Paulina e os dois tem uma conversa muito importante. Paulina confessa que não o ama, mas diz que ele lhe faz falta e que pode ajudá-la a esquecer  Carlos Daniel. Edmundo aproveita a chance e a pede em casamento. Enquanto não recebe sua parte na herança, Estephanie pede um adiantamento de US$ 200 mil, mas ela não imagina o que a espera em sua casa. Ao chegar com o dinheiro, Willy exige que ela lhe dê tudo. Estephanie se nega a entregar e Willy pega o bebê e ameaça: “despeça-se dele, pois vou dá-lo”. Carlinhos, que continua no colégio interno, fica doente e é trazido para a mansão. Ao voltar para casa, ele chama insistentemente por Paulina. Paulina vai ver o menino e reencontra Carlos Daniel.

Capítulo 100, quinta-feira, 2 de maio

Antes de morrer Paola é perdoada por Carlos Daniel e por toda a família Bracho. O velório, por determinação de Vovó Piedade, acontece na própria mansão. Dr. Edmundo comparece ao velório e consola Paulina sob o olhar ciumento de Carlos Daniel. Willy volta para casa e conta para Estephanie sobre a morte de Paola. Estephanie critica a família por realizar o velório na mansão, pois considera um ato hipócrita depois de tudo que Paola fez contra todos eles. Willy tenta uma reaproximação e Estephanie mais uma vez cai na conversa do marido. Agora que Paola está morta, Rodrigo acredita que Willy seja uma terrível ameaça contra os Bracho. Depois dos funerais, Paulina começa a pensar no que fará de sua vida  e fica dividida entre duas possibilidades: sair do país ou casar-se com  Dr. Edmundo, já que está determinada a não aceitar o pedido de casamento de Carlos Daniel.

Capítulo 99, quarta-feira, 1º de maio

Willy faz Maurício tomar uma bebedeira e se aproveita da situação para convencê-lo a incendiar a fábrica Bracho. Desesperada com o estado de Paola, Paulina reza e promete a Deus que se ele salvar sua irmã ela se tornará freira. Embora seu estado seja muito grave, Paola está lúcida e ao sentir que não terá muito tempo de vida, muda radicalmente seu comportamento, se arrepende de tudo que fez e pede a Paulina que se case com Carlos Daniel e o faça feliz. Enquanto isso, na mansão, a Vovó Piedade tenta convencer Carlos Daniel a perdoar Paola. No hospital, Paola faz dois pedidos a Paulina: se confessar e ver Carlos Daniel, pois  precisa lhe pedir perdão.  Willy é visto por diversas vezes bebendo ao lado de Maurício. A notícia chega aos ouvidos de Carlos Daniel que comenta com Rodrigo sua preocupação com Estephanie, pois teme que Willy lhe faça algum mal. Carlos Daniel decide ir ao hospital e ao ver Paola inconsciente diz a Paulina que a perdoa por tudo que ela fez de mal a ele e a sua família. Depois os dois conversam, Carlos Daniel toca mais uma vez no assunto casamento e Paulina promete que se sua irmã morrer eles voltarão a falar no assunto. A promessa de Paulina deixa Carlos Daniel cheio de esperanças, mas ela confessa para sua irmã que só prometeu para que ele não se recusasse a ouvi-la em seu leito de morte. Paola acorda e sente que a morte se aproxima. Ela está muito mudada, arrependida e ao se lembrar do que havia combinado com Willy conta tudo para Paulina e pede a ela que o vigie e evite que chegue a incendiar a fábrica. Paola solicita a presença de um padre e volta a pedir à irmã que se case com Carlos Daniel. Willy chega em casa completamente bêbado e ainda traz o amigo Maurício. Estephanie acorda com o barulho, discute violentamente com ele e o expulsa de casa. Dr. Varela informa que Paola entrou em coma e que sua morte pode acontecer a qualquer momento. A notícia deixa Paulina desesperada e ela avisa imediatamente os Bracho. Carlos Daniel chega ao hospital acompanhado pela Vovó Piedade e, a pedido de Paulina, que acredita que sua irmã poderá ouvi-lo, pede a ele que diga que a perdoa.

Capítulo 98, terça-feira, 30 de abril

Convencida de que Carlos Daniel ama Paulina, Isabel decide por um ponto final no relacionamento. Os dois conversam seriamente e ela o faz ver que precisa enfrentar os seus problemas, lutar por seus objetivos e, principalmente, por seu amor. Carlos Daniel fica sabendo, através de seu irmão Rodrigo, que Paola esteve fingindo o tempo todo. Agora, mais do que nunca, ele está disposto a enfrentar Paola e resolver de uma vez por todas a questão do divórcio. Enquanto Carlos Daniel inicia sua viagem de volta, Paulina recebe a notícia de que sua irmã sofreu um terrível acidente e que está internada em estado grave. Leda desiste de tentar conquistar Carlos Daniel e viaja para a Europa. Estephanie vibra ao saber que Paola está morrendo. No hospital, o médico previne Rodrigo para que a família se prepare para o pior, pois o estado de Paola é extremamente grave. Paulina se desespera ao ver a irmã entre a vida e a morte e se culpa por ter comprado o carro e não ter dado o dinheiro que ela exigiu. Carlos Daniel chega ao hospital e tenta fazer Paulina entender que não é culpada de nada e diz que a morte de Paola significará  a felicidade deles. Paulina, obcecada pela promessa que fez, diz a Carlos Daniel que caso sua irmã morra, o túmulo dela será uma barreira intransponível entre eles. Ao saber do acidente, Willy vê seus planos desmoronarem, mas garante a Estephanie que, sozinho, levará adiante o que ele e Paola haviam combinado para destruir os Bracho. Enquanto Willy procura um cúmplice para incendiar a fábrica, Paola, em seu delírio, fala do que ela e Willy tinham planos para incendiar a fábrica Bracho. Paulina ouve tudo e talvez agora se convença do que sua irmã é capaz.    

Capítulo 97, segunda-feira, 29 de abril

Revoltada com a farsa, Dona Piedade expulsa Paola da mansão, mas ela se nega a ir embora e lembra à Vovó que por lei, tem direito de viver na casa da família Bracho. Leda promete a Carlos Daniel que não contará nada a Paulina. Dr. Edmundo, determinado a conquistar Paulina, liga de Miami só para dizer que a ama. Dona Piedade conta a Rodrigo e Paulina que Paola não está paralítica e que tudo não passou de mais uma farsa. Paulina fica feliz com a notícia e não acredita que sua irmã estivesse mentindo. Leda, que não perde a chance de criar situações difíceis para os Bracho, conta a Paola que Carlos Daniel tem uma amante. Paola aparece na fábrica e diz a Rodrigo e Paulina que o adultério de Carlos Daniel vai complicar o divórcio. Paulina tenta resolver a situação oferecendo, mais uma vez, os US$ 500 mil, mas Paola chantageia a irmã e exige que ela lhe dê os US$ 2 milhões que recebeu de Douglas Maldonado. Mais tarde Paola se encontra com Willy e propõe a ele que incendeiem a fábrica Bracho. Na mansão, Elvira decide desmascarar Paola e conta toda a verdade para Vovó Piedade, só não imagina que ela está ouvindo tudo. No dia seguinte, Elvira chega e diz a Paola que não quer mais ser sua enfermeira. Fingindo não saber de nada Paola sai com Elvira, com a intenção de se vingar dela por sua traição, mas no caminho ela perde o controle do carro e sofre um terrível acidente. 

Capítulo 96, sexta-feira, 26 de abril

Isabel conversa seriamente com Carlos Daniel e tenta fazê-lo entender que só a está pedindo em casamento para tentar esquecer Paulina, e propõe a ele que só volte a lhe falar em casamento quando estiver certo de seus sentimentos. Paulina conta a Rodrigo a proposta que fez a Paola para que ela dê o divórcio a Carlos Daniel, mas ele não concorda. Paulina conta a Rodrigo que Osvaldo foi seu namorado, mas não entra em detalhes. Willy está de volta e pressiona Estephanie para que lhe dê mais dinheiro. Paola, mais uma vez, suborna Lalinha para que ela consiga o endereço de Willy e Estephanie. Rodrigo conta para Vovó Piedade que o Dr. Edmundo pediu Paulina em casamento. Paola procura Willy e propõe que os dois se unam para destruir Paulina e a família Bracho. Enquanto isso, na fábrica, Estephanie demonstrando estar completamente dominada por Willy, discute violentamente com Rodrigo e Paulina ao colocar em dúvida a lisura com que eles estão comandando a auditoria que se realiza na empresa. A atitude de Estephanie deixa os Bracho muito preocupados, pois eles acreditam que ela esteja mentalmente abalada. Leda vai ao encontro de Carlos Daniel e tem uma surpresa nada agradável ao encontrá-lo num restaurante jantando com Isabel. Cansada de fingir, Paola decide acabar com a farsa e aparece na sala andando normalmente. Dona Piedade, Patrícia e Adelina presenciam.  

Capítulo 95, quinta-feira, 25 de abril

Paulina oferece U$S 500mil à irmã para que ela deixe os Bracho em  paz, mas Paola não aceita, insiste US$ 1 milhão e tem certeza de que conseguirá convencer sua irmã. Dona Piedade recebe uma carta de Carlos Daniel e descobre que Paola já sabe onde ele está. Lalinha pede a Paola que a proteja, pois desconfia que  Vovó Piedade já descobriu que foi ela quem passou a informação sobre o paradeiro de Carlos Daniel. Estephanie já percebeu que Willy não mudou em nada e chora desesperadamente sem saber o que fazer. Carlos Daniel telefona para Paulina, diz que a ama e que não consegue esquecê-la, mas ela se mantém firme, diz a ele que deve esquecê-la e o aconselha a procurar uma mulher que possa amá-lo. Leda está de viagem marcada e Vovó Piedade  acredita que ela vai se encontrar com Carlos Daniel. Sentido-se sozinho e abandonado, Carlos Daniel começa um romance com Isabel. Paola percebe que Elvira mudou muito e lhe oferece aumento de salário. Mais tarde, Paola ameaça matá-la caso ela se atreva a contar o que sabe aos Bracho. Willy continua no litoral levando uma vida de rei ao lado de Olívia. Osvaldo está se divorciando de Lurdes e pede a Paulina que lhe dê um emprego na fábrica. Paulina acredita em suas boas intenções e o contrata como gerente de vendas. Estephanie pede dinheiro a Paulina para enviar a Willy. Carlos Daniel pede Isabel em casamento.

Capítulo 94, quarta-feira, 24 de abril

Com a viagem de Carlos Daniel, Paola sente que perdeu o controle da situação e decide procurar seu advogado, que não tem boas notícias para ela. O advogado deixa claro que ela não vai se sair tão bem na partilha de bens, mas Paola insiste e pede a ele que retarde o processo de divórcio até que Carlos Daniel aceite suas exigências. Estephanie recebe uma carta de Willy onde ele, mais uma vez, mente vergonhosamente, conta que está passando por momentos muito difíceis e pede para voltar. A notícia deixa Estephanie muito triste e, ao reconhecer que ainda o ama, ela decide procurar seu irmão e pedir para que ele a ajude. Rodrigo fica indignado com a atitude de Willy e principalmente com a reação da irmã. Enquanto Estephanie sofre e se preocupa com Willy, ele se diverte nos braços de outra mulher. Paulina conversa com Rodrigo para que se resolva o mais rápido possível a situação financeira de Estephanie. Paola suborna Lalinha para descobrir onde está Carlos Daniel. Dr. Edmundo volta a propor casamento para Paulina, mas ela não lhe dá nenhuma esperança. Paola exige U$S 1 milhão para assinar o divórcio. Enquanto isso, Carlos Daniel, em seu refúgio, conhece Isabel, uma bela jovem que começa a paquerá-lo.

Capítulo 93, terça-feira, 23 de abril

Ao ser surpreendida, Paola não perde o controle, diz que estava tentando andar e finge que cai. Lalinha tenta levantá-la e Paola a ameaça de morte caso conte a alguém que a viu em pé. Paulina conta ao Dr. Edmundo que mudou seus planos e que pretende assumir o lugar de Carlos Daniel enquanto ele estiver impossibilitado de trabalhar. A notícia de que ela não sairá da cidade traz novas esperanças para Edmundo, mas ao mesmo tempo o preocupa, pois pode significar uma reaproximação entre Paulina e Carlos Daniel. Para evitar uma tragédia, Patrícia pede a Estephanie que não conte a ninguém que Willy a agrediu, principalmente para Rodrigo. Rodrigo tenta convencer Carlos Daniel a fazer uma viagem assim que receber alta, pois acredita que isso pode levar Paola a abandonar a mansão e aceitar o divórcio. Adelina, ao ver Paola torcendo para que Carlos Daniel morra, perde o controle e enfrenta a megera. Enquanto Willy começa a vender as joias que roubou da mulher, Patrícia leva para Estephanie uma quantia em dinheiro para que ela possa sobreviver até que receba sua parte na herança e aproveita para abrir os olhos da cunhada, pois Willy pode voltar e roubá-la outra vez. Carlos Daniel continua internado e Paola decide visitá-lo, porém Elvira, que começa a entender quem é Paola e do que ela é capaz, decide avisar Adelina. Quando Paola chega ao hospital é impedida de entrar no quarto onde está Carlos Daniel. Carlinhos vai para um colégio interno, mas antes Paulina o leva até o hospital para que ele se despeça do pai. Leda deixa Paola furiosa ao contar que Carlos Daniel já recebeu alta e que ele viajou sem dizer para onde.

Capítulo 92, segunda-feira, 22 de abril

Estela liga para Estephanie, conta que Willy atirou em Carlos Daniel e diz que ele está muito mal. Willy volta para casa e Estephanie, completamente descontrolada pelo que aconteceu, briga violentamente com o marido. Willy agride a mulher e a cunhada, Patrícia, e foge levando todas as joias de Estephanie. Verônica liga para Paulina e avisa sobre o que aconteceu com Carlos Daniel. Enquanto Paulina socorre Carlos Daniel, Rodrigo, completamente atordoado com o que aconteceu e ameaça matar Willy. Paulina procura acalmá-lo para evitar que ele cometa uma loucura. Leda fica atônita ao presenciar a reação de Paola ao receber a notícia de que Carlos Daniel está ferido e corre risco de vida. Fria e calculista, Paola imagina como seria bom se Carlos Daniel morresse, pois assim ela seria a herdeira de sua fortuna. A atitude covarde da qual Carlos Daniel foi vítima revolta a todos e enquanto os funcionários da fábrica Bracho querem linchar Willy, Carlos Daniel pede para que não o denunciem. Paulina volta à fábrica e decide assumir o lugar de Carlos Daniel enquanto ele se restabelece. Lalinha entra no quarto de Paola e descobre que ela pode andar.

Capítulo 91, sexta-feira, 19 de abril

Carlos Daniel tem suas suspeitas confirmadas ao ver com quem Paulina está jantando. Unidas com objetivo de infernizar a família Bracho, Paola ameaça fazer um escândalo na frente de Carlinhos e Leda  incendeia o ambiente quando ameaça contar ao menino quem é a mulher que está na mesa com seu pai. Ao voltar ao hotel, Paulina pensa em tudo que sua irmã lhe fez e começa a entender que não vale a pena abrir mão do amor que sente por Carlos Daniel por causa de Paola. Carlos Daniel, conta para Vovó Piedade que Paulina vai se casar com o advogado e, dominado pelo ciúme, mais uma vez, muda radicalmente seu modo de pensar em relação a Paulina e diz Rodrigo que está convencido que Paulina e Paola são iguais. Carlos Daniel confessa a Paulina que ficou muito chateado ao vê-la, no restaurante, ao lado do Dr. Edmundo. Paola tenta colocar Vovó Piedade contra Paulina e jura que vai lhe tirar até o amor do Dr. Edmundo. Paulina conta para Patrícia que Paola e Leda se uniram para destruí-la. Estephanie se preocupa ao perceber que Willy foi à fábrica carregando um revólver. Na fábrica, Carlos Daniel e Willy se encontram e a discussão é inevitável. Carlos Daniel perde a cabeça, bate no cunhado e Willy não hesita em atirar.

Capítulo 90, quinta-feira, 18 de abril

Paola e Leda continuam se insultando, o que obriga Carlos Daniel e Vovó Piedade a se retirarem da mesa. Paulina janta com Dr. Edmundo, que fala de seu amor e a pede em casamento. Paulina não aceita, diz que ama Carlos Daniel e que será difícil esquecê-lo. Ao voltar para o hotel, Paulina conversa com Carlinhos e convence o menino a ir para um colégio interno. Determinada a romper definitivamente com os Bracho, Paulina tenta ser firme diante de Carlos Daniel e quando ele vai até o hotel saber como foi a conversa com seu filho, ela tenta  acabar com as esperanças dele e diz que vai se casar. Paola compra um carro importado adaptado para deficientes e manda a conta para Carlos Daniel. Rodrigo recebe o vendedor e se recusa a fazer o pagamento, mas Paulina chega e decide comprar o carro para a irmã. Leda e Paola continuam se alfinetando, mas no fundo são iguais e Leda prepara uma cilada para Carlos Daniel: ela o convida para ir ao teatro e depois convida Paola para ir com eles. Mesmo contra sua vontade, Carlos Daniel acompanha Leda e Paola. Depois do teatro, eles vão jantar e no restaurante encontram Paulina jantando com Carlinhos e  o Dr. Edmundo.

Capítulo 89, quarta-feira, 17 de abril

Dona Piedade vai até a casa de Estephanie e aconselha a neta a não confiar tão cegamente em Willy, pois ele vai acabar com todo seu dinheiro, mas Estephanie acredita no arrependimento do marido. Willy ouve uma conversa entre Vovó Piedade e Adelina e descobre que Estephanie é sua filha. Paulina aceita o convite do Dr. Edmundo, mas vai com Carlinhos. Durante o jantar, o advogado diz a Paulina que não vai desistir dela. Carlos Daniel, mais uma vez, acredita em Leda e depois de pensar em tudo que ela lhe disse decide dar um novo rumo à sua vida. Ao chegar à fábrica comunica ao irmão que vai mandar Carlinhos para um colégio interno, e pede a Paulina que se afaste de sua família. Carlos Daniel conversa francamente com Paulina, diz a ela que não é justo que se sacrifique pelos Bracho e que deve estar livre para viver sua vida. Paulina concorda com ele e diz que sairá do país, a não ser que sua irmã precise dela. Apesar de apaixonados, Carlos Daniel e Paulina sabem que é um amor impossível e decidem que tentarão refazer suas vidas, longe um do outro. Enquanto isso, na mansão, Dr. Cabanhas procura Paola para que ela assine o pedido divórcio, mas ela se recusa. Mais tarde, Paola conversa com Carlos Daniel e faz uma série de exigências, as quais ele se nega a aceitar. Paulina janta com Dr. Edmundo. Enquanto isso na mansão dos Bracho o jantar transcorre em clima de guerra. Paola, ao perceber que Leda continua assediando seu marido, faz um escândalo, chama Leda de traidora e garante que nem ela nem Paulina ficarão com Carlos Daniel.

Capítulo 88, terça-feira, 16 de abril

A guerra está declarada entre Paola, Leda e Vovó Piedade. Carlos Daniel está furioso, pois por uma determinação judicial, terá que aceitar a presença de Willy na fábrica. Mas apesar de saber que terá que “engolir” o cunhado, ao ficar frente a frente com ele, a revolta fala mais alto e Carlos Daniel agride Willy. Na mansão, o clima continua tenso. Leda faz jogo duplo, mas dona Piedade não acredita na pose de boa menina. Paola diz a Leda que quer se divertir e pede a ela que a leve até a fábrica. Dona Piedade avisa Rodrigo, ele e Paulina fazem de tudo para que Carlos Daniel e Paola não se encontrem, mas é inevitável. Paola chega para provocar e começa dizendo que quer trabalhar na fábrica. Estephanie está convencida de que Willy mudou e quer lhe dar uma nova chance, mas Adelina tenta abrir os olhos da filha e afirma que ele só quer o seu dinheiro. Paola deixa Rodrigo fora de si ao insistir na ideia de trabalhar na fábrica e exige que ele lhe dê um cargo. Paulina, que ainda não acredita na perversidade da irmã, tenta convencê-la a mudar sua maneira de agir, mas é em vão. Enquanto Paola, descaradamente, procura Willy. Leda se aproveita da fragilidade de Carlos Daniel e tenta convencê-lo a mandar Carlinhos para um internato com o argumento de livrar Paulina dessa responsabilidade para que ela possa viver sua própria vida. Paola discute com Paulina e diz que se Carlos Daniel insistir em pedir o divórcio, fará de tudo para jogá-lo nos braços de Leda, pois prefere isso a vê-los juntos. Elvira, a enfermeira, observa atônita a reação de Paola ao ver Leda e Carlos Daniel juntos. Enquanto isso Dr. Edmundo procura Paulina e se declara.

Capítulo 87, segunda-feira, 15 de abril

No encontro com Carlos Daniel, Paola se insinua na tentativa de reconquistá-lo, mas ele a despreza e não consegue perdoá-la por tudo que fez. Leandro e Viviana se casam e vão morar no interior. Willy decide pleitear o cargo ocupado por Leandro e Estephanie se preocupa, pois sabe que seus irmãos não o querem na fábrica. Mas Willy não tem intenção nenhuma de trabalhar, o que ele quer é ganhar novamente a confiança da mulher e assim poder tomar conta do dinheiro dela. Leda telefona para Paola e as duas combinam um encontro. Willy consegue reverter a situação e mais uma vez  convence Estephanie a lhe dar uma  procuração para que ele a represente na fábrica. Adelina previne Estephanie de que sua atitude vai provocar muitos problemas e, conta a ela que durante o julgamento Carlos Daniel descobriu que Willy e Paola foram amantes. Paola e Leda decidem se unir para destruir Paulina e a família Bracho.

Capítulo 86, sexta-feira, 12 de abril

Paola chega dando ordens e desafiando a todos. Lalinha avisa dona Piedade que Paola quer falar com ela, e o encontro entre as duas é marcado por uma violenta discussão. Viviana e sua madrinha, Abgail, preparam tudo para seu casamento com Leandro. Osvaldo conversa com Dr. Edmundo e descobre que ele ainda está apaixonado por Paulina e que não desistirá da ideia de se casar com ela. Estephanie vai até a fábrica e exige de Rodrigo sua parte na herança. Carlos Daniel conversa com o filho e conta que de agora em diante ele vai morar com “sua mãe” num hotel, mas o menino fica triste ao saber que seu pai não vai morar junto com eles. Paola declara guerra à família e se diverte ao ver a indignação de todos. Adelina se revolta ao ouvir Paola pedindo a Lizete  que convença seu pai a nunca se separar dela. E dona Piedade discute seriamente com Paola ao perceber que ela está colocando a menina contra eles. Leandro e Viviana se casam. Carlinhos e Paulina já estão no hotel, onde vão viver, e o menino fica feliz ao ver seus pais se beijarem. Carlos Daniel volta para casa e é recebido por Paola.

Capítulo 85, quinta-feira, 11 de abril

Paola não acredita que Paulina esqueceu Carlos Daniel e vê na irmã sua maior rival, por isso, não perde a chance de humilhá-la. Paola não aceita sua ajuda e afirma que ninguém a impedirá de voltar para a mansão dos Bracho. Rodrigo tenta acalmar Carlos Daniel e aconselha o irmão a aceitar a presença de Paola até conseguir o divórcio. Mas a preocupação de Carlos Daniel é com seus filhos, pois não sabe como vai explicar quem é Paola. Depois de conversar com Vovó Piedade, Carlos Daniel decide passar para Paulina a tutela de Carlinhos. Paulina, depois da conversa com sua irmã, procura Patrícia e conta que Paola pretende contar toda a verdade para o menino. Patrícia a aconselha a procurar Carlos Daniel, mas Paulina teme pelo encontro,  pois não sabe se conseguirá  se manter distante dele. O casamento de Estephanie vai de mal a pior e Willy não perde a chance de colocar a mulher contra seus irmãos e ainda a provoca dizendo que um dia talvez ele e Paola possam unir suas fortunas. Rodrigo procura Paola e tenta convencê-la a não voltar para a mansão, mas é inútil. Carlos Daniel procura Paulina para pedir que ela fique com Carlinhos e a conversa acaba num beijo apaixonado. Paola chega à mansão dos Bracho e, sempre altiva e provocativa, desafia a todos e pergunta quem vai se atrever a expulsá-la.

Capítulo 84, quarta-feira, 10 de abril

Paulina sai da prisão e numa reunião com a família Bracho comunica que vai morar com sua amiga Célia, e que de agora em diante vai se dedicar a cuidar de sua irmã Paola. Rodrigo pergunta se ela não pretende assumir seu lugar na fábrica e Paulina diz que precisa se afastar, pois não pode ocupar um lugar que é de Paola. Ao saber que sua irmã foi considerada inocente, Paola briga feio com o advogado e o acusa de não ter feito nada para mudar o veredicto. Paola convence Dr. Galícia a lhe dar alta e dá ordens a Elvira para levar suas malas para a mansão dos Bracho. Mas D. Piedade é firme em sua decisão e diz a Elvira que Paola não voltará para a mansão.  A imponente Elvira enfrenta Vovó Piedade e diz que Paola consultou os advogados e que tem direitos adquiridos. Portanto a volta de Paola é praticamente um fato consumado e deixa Carlos Daniel completamente fora de si a ponto de confessar ao irmão que está disposto a matá-la. A atitude de Carlos Daniel preocupa Rodrigo e Vovó Piedade. Ao perceber que não existe nenhuma chance de reconquistar Carlos Daniel, Leda decide seduzir o advogado, e mais uma vez se dá mal, pois Edmundo confessa que também está apaixonado por Paulina. Paulina, apesar de tudo que sofreu por culpa da irmã, vai até o hospital e se coloca à disposição. Paola conta que receberá alta e que voltará para a casa dos Bracho. Paulina tenta fazer com que ela mude de ideia, mas a maquiavélica Paola não desiste de seu plano.

Capítulo 83, terça-feira, 09 de abril

Dr. Edmundo interroga Carlos Daniel sobre o romance entre Paola e Willy. Carlos Daniel relata tudo que Paola fez contra os Bracho, mas omite o problema com sua avó. Dona Piedade interrompe o depoimento do neto e conta a todos que Paola a transformou numa alcoólatra. Lurdes tenta de tudo para convencer o marido a desistir da separação, mas Osvaldo vai embora. O Dr. Montesinos faz a defesa de Paola e a coloca como vítima de Paulina. Paola, por sua vez, diz a Elvira que se Paulina for inocentada ela a mata. O julgamento chega a sua fase final, a expectativa é grande e Leda, que torce pela condenação de Paulina, não perde a chance de assediar Carlos Daniel. O juiz pede a todos que se retirem e é nesse momento que Lalinha chega ao tribunal com o diário de Paola. Carlos Daniel, de posse do diário, decide que se Paulina for condenada ele entrega ao juiz a prova definitiva para inocentá-la. Paulina é inocentada e recebe o veredicto com tristeza, pois não sabe o que vai ser de sua irmã. Reunida com a família Bracho, ela comunica que desse momento em diante vai se dedicar a cuidar de Paola.

Capítulo 82, segunda-feira, 08 de abril

Antes de seguir para o tribunal, Paulina visita Paola no hospital e sai completamente arrasada ao saber pela própria irmã que está disposta a voltar para a mansão dos Bracho só para infernizá-los e conseguir muito dinheiro. Recomeça o julgamento e Dr. Edmundo apresenta novas testemunhas para o caso. A primeira a depor é Célia, amiga de Paulina, que conta com detalhes tudo que aconteceu e aponta Luciano Alcântara e Alexandre Farina como amantes de Paola. O julgamento prossegue e os depoimentos das testemunhas trazem à tona o nome de todos os amantes de Paola, entre eles o de Donato D’ Angelli. O pintor é arrolado como testemunha e comparece ao tribunal para depor. Até Antonia, Isabel e Moacir querem testemunhar a favor de Paulina para tentar livrá-la da acusação de sequestro. Osvaldo pede o divórcio a Lurdes, que numa atitude desesperada ameaça matá-lo se ele a deixar. Carlos Daniel sofre um duro golpe ao descobrir, em pleno tribunal, que Paola e Willy foram amantes. Lalinha encontra o diário de Paola e toma uma decisão que pode inocentar Paulina.

Capítulo 81, sexta-feira, 05 de abril

Acreditando que talvez Paola possa estar arrependida, Carlos Daniel vai até o hospital com a esperança de que a convencerá a ajudar Paulina. Mas bastam alguns minutos de conversa para ele se convencer de que ela não mudou nada. Paola diz a Carlos Daniel que vai coagir sua própria irmã para que ela fique ao seu lado para sempre. E ao ser cobrada por Carlos Daniel sobre a proposta de que falou por telefone, Paola exige que ele faça com que Luciano Alcântara mude seu testemunho e em troca lhe oferece o divórcio. Carlos Daniel não aceita e ela ameaça destruir Paulina e contar para os filhos que ela é a verdadeira mãe deles. No litoral, Luciano Alcântara e o Dr. Edmundo vão até a casa onde viveu Paulina e lá conhecem Célia e Filomena. As duas contam como tudo aconteceu e se comprometem a comparecer no tribunal para testemunhar a favor de Paulina Martins. Assim que Carlos Daniel vai embora, Paola liga para a irmã, se faz passar por uma mulher sofrida, que vive atormentada com o medo da solidão. Ela consegue arrancar de Paulina, a promessa de que nunca se casará com Carlos Daniel. Paola liga para Luciano e oferece dinheiro para que ele mude seu depoimento, mas Luciano está mudado e não aceita o suborno. Osvaldo, completamente apaixonado e arrependido, procura Paulina para dizer que está disposto a se divorciar de sua esposa para se casar com ela. Paulina não aceita e o manda embora. Carlos Daniel, preocupado com a ameaça de Paola de contar a seus filhos a verdade sobre a verdadeira mãe deles, dá ordens para que toda a correspondência vá direto para as mãos de Vovó Piedade. Willy, com todo seu cinismo, diz a Estephanie que se casou com ela por interesse, mas sua mulher não é mais a mesma e ao invés de um ataque de nervos, ela lhe dá um ultimato: ou arruma um emprego ou vai embora para sempre. Paola liga para Vovó Piedade e comunica que não sabe quando voltará para a mansão.

Capítulo 80, quinta-feira, 04 de abril

Paulina, que insiste em poupar sua irmã, se apavora ao saber que Luciano Alcântara é a testemunha que pode inocentá-la, pois tem certeza que ele pode complicar a vida de Paola. Enquanto isso, na mansão dos Bracho, todos os empregados procuram desesperadamente pelo diário de Paola, já que em suas páginas pode estar a salvação de Paulina. Durante o depoimento de Luciano, a promotora coloca em dúvida seu testemunho e pede provas de que ele realmente presenciou os fatos. Diante dessa exigência, o juiz suspende o julgamento por dois dias para que o advogado apresente as provas solicitadas. Viviana e Leandro começam os preparativos para o casamento. Paola descobre que Luciano Alcântara depôs a favor de Paulina e contra ela, e pede ao Dr. Montesinos que ofereça dinheiro a ele para que mude seu depoimento. Enquanto isso, Luciano e o Dr. Edmundo viajam para o litoral em busca das provas de que precisam. Paulina liga para a irmã e se desconcerta diante da frieza com que Paola a trata. Enquanto não encontra Luciano Alcântara para tentar suborná-lo, Paola liga para Carlos Daniel e diz a ele que tem uma proposta que vai interessar a todos.

Capítulo 79, quarta-feira, 03 de abril

Paola chega altiva e ameaçadora. Dr. Edmundo previne Paulina e pede a sua cliente que se defenda, pois Paola veio disposta a tudo para incriminá-la, mas Paulina está irredutível em sua decisão. Começa o julgamento. Paola é a primeira a depor e mente descaradamente ao contar sua versão dos fatos, fazendo-se de vítima. Mas, ao ser interrogada, Paola empalidece ao ouvir Dr. Edmundo perguntar com quem ela estava na noite do acidente em Mônaco. Ao perceber que as coisas podem se complicar, Paola finge um mal estar e obriga o juiz a pedir a ela que se retire do tribunal. Paulina depõe e, para espanto de todos, confirma tudo o que Paola disse e se declara culpada diante do júri. Mas o advogado não desiste e chama para depor Luciano Alcântara.

Capítulo 78, terça-feira, 02 de abril

Paola garante que no dia do julgamento vai cobrar de sua irmã o fato dela ter se apaixonado por Carlos Daniel. Osvaldo pede perdão a Paulina e oferece ajuda, mas ela se nega a aceitar e diz que não quer vê-lo nuca mais. Dona Piedade pede a Carlinhos que no dia do julgamento conte toda a verdade sobre seu desaparecimento, pois assim ajudará sua mãe. Leda descobre que Luciano Alcântara vai testemunhar a favor de Paulina e apesar de ter se comprometido com Edmundo a dizer toda a verdade sobre Paola, procura Luciano e oferece muito dinheiro para que ele desista de testemunhar a favor de Paulina. Carlos Daniel decide falar com Paola e pedir que não vá ao julgamento, mas ao perceber que não vai convencê-la, a ameaça e diz que existe uma testemunha que pode transformá-la de vítima em réu. Chega o dia do julgamento e Carlinhos depõe a favor de Paulina. Willy volta para casa decidido a pegar sua parte na herança, mas as coisas mudaram e os dois discutem violentamente quando Estephanie  comunica que cancelou a procuração que havia lhe dado. Revoltado, Willy ameaça ir ao julgamento e exige US$ 200 mil de Carlos Daniel para não depor a favor de Paola. Paola chega ao tribunal e diz a Carlos Daniel que está disposta a tudo para que Paulina passe anos atrás das grades. 

Capítulo 77, segunda-feira, 1º de abril

Paola contrata Dr. Montesinos para defendê-la e conta a ele sua versão da história em que ela é a vítima. E o advogado acredita em todas suas mentiras. Carlos Daniel e o Dr. Edmundo se unem para tentar convencer Paulina a entregar o diário. Mas apesar de saber que Paola pode prejudicá-la, ela se nega a entregá-lo. Osvaldo vai até o presídio para pedir perdão a Paulina por todo o mal que lhe fez. Luciano Alcântara procura os irmãos Bracho para dizer que está disposto a testemunhar a favor de Paulina. Apesar de desconfiar do arrependimento dele, Rodrigo e Carlos Daniel levam Luciano até o advogado que, ao tomar conhecimento de toda a história, vê em Luciano a grande chance de inocentar Paulina Martins. Enquanto isso, Paola conta os minutos para o julgamento e garante a Elvira que pretende destruir a vida de Paulina e não descansará até conseguir que ela passe o resto dos seus dias na cadeia.

Capítulo 76, quinta-feira, 28 de março

Paulina agora está convencida de que Paola continua sendo a mesma mulher cruel e sem escrúpulos, capaz de qualquer coisa para alcançar seus objetivos, mas mesmo assim não pretende fazer nada que possa prejudicá-la. Abandonada por Willy, Estephanie sai do hospital, mas não aceita voltar para a casa da família. Adelina decide então acompanhar sua filha. Leda admite que Paulina é muito melhor que Paola e se propõe a ajudar Edmundo falando tudo  que sabe sobre Paola, e conta que em seu  diário podem estar as provas para inocentar Paulina. Paola contrata Dr. Montesinos para defendê-la. Luciano Alcântara fica sabendo, pelos jornais, que Paulina Martins vai a julgamento. O ex-amante de Paola mudou de vida e agora vive no interior ao lado de Esther, sua esposa e está prestes a ser papai. Esther deu um novo rumo à sua vida por isso ao saber da situação de Paulina decide ajudá-la comparecendo ao julgamento como sua testemunha de defesa. Filomena, amiga de Paulina, também está disposta a depor a seu favor. Dr. Edmundo diz a Osvaldo que não vai cobrar honorários para defender Paulina e confessa que está apaixonado por ela. Paulina enfrenta Paola e diz à irmã que está com seu diário íntimo, prova que pode condená-la a passar muito anos na cadeia. As duas discutem violentamente, Paulina confessa que está apaixonada por Carlos Daniel e Paola se declara sua inimiga dizendo que nos tribunais vai dizer que ela ameaçou matá-la caso não permitisse que ocupasse seu lugar. Carlos Daniel continua procurando pelo diário e ordena aos empregados que revistem o quarto de Paulina na tentativa de encontrá-lo.

Capítulo 75, quarta-feira, 27 de março

Paola insiste em assistir ao julgamento de Paulina. Carlos Daniel continua irredutível quanto à volta de Paola para a mansão, pois está convencido de que ela continua sendo a mesma mulher má, sem caráter e que nunca mudará seu jeito de ser. Paulina se decepciona com Paola ao ouvir da irmã que ela não hesitará em acusá-la se isso lhe for conveniente. Preocupado com o que Paola possa dizer contra Paulina, Carlos Daniel procura Dr. Edmundo para dizer que, se no dia do julgamento, Paola se atrever a depor contra Paulina ele entregará ao juiz o diário íntimo de sua mulher. Ao chegar em casa, Carlos Daniel procura pelo diário mas o mesmo desapareceu misteriosamente. Paulina recebe uma carta de Douglas Maldonado, onde ele descreve todo o seu relacionamento com Paola e pede a ela que use a carta como uma prova em seu julgamento. Mas Paulina, obcecada pela ideia de defender a irmã, esconde a carta para que ninguém possa lê-la. Carlos Daniel vai até o presídio e Paulina mente dizendo que está com o diário de Paola. Carlos Daniel tenta convencê-la a lhe entregar o diário, mas Paulina se nega dizendo que não quer que ele seja usado contra sua irmã.  Paulina também acaba com as esperanças de Carlos Daniel ao dizer que mesmo ficando em liberdade não se casará com ele enquanto sua irmã estiver viva. Verônica, cada vez mais convencida de que Leandro continua apaixonado por Viviana, rompe seu noivado com ele. Paola, com o objetivo de voltar o quanto antes para a mansão dos Bracho, liga para Paulina e ameaça ser uma testemunha de acusação implacável e de deixá-la por muitos anos na prisão, caso não a ajude em seu plano: Paola quer que Paulina convença a família Bracho a aceitá-la de volta e acredita que ao sentir que pode ser condenada conseguirá que a irmã faça  seu jogo.

Capítulo 74, terça-feira, 26 de março

Paulina conversa longamente com o advogado, que diz ter provas suficientes para inocentá-la. Paulina pergunta se essas provas podem prejudicar sua irmã e, ao saber que sim, não aceita a proposta que poderia tirá-la da cadeia. Dr. Serrano diz a Paulina que já não pode proteger sua irmã, pois a polícia já investigou a vida de Paola. Estephanie dá a luz a um lindo menino. Willy não está a seu lado, mas dona Piedade está certa de que ele voltará pois, ambicioso como é, não abrirá mão de sua parte na herança de Estephanie. Paola está decidida a não permitir que sua irmã seja feliz com Carlos Daniel, por isso ao falar com Paulina por telefone, diz que está cada vez mais apaixonada por seu marido. Estranhando o silêncio de Paulina, Douglas Maldonado, decide lhe escrever uma carta. Paola liga para a fábrica e diz a Carlos Daniel que o ama e que está disposta a reconquistá-lo. Ao desligar Paola diz a Elvira que pretende se tornar uma sombra na vida do marido e Carlos Daniel não conseguirá se livrar dela. Os amigos tentam fazer com que Leandro perceba o erro que está cometendo ao defender Viviana. Paola chama Carlos Daniel e Paulina e prepara uma armadilha para eles. Em tom ameaçador ela diz claramente que se conseguir se recuperar por completo vai sair viajando pelo mundo, mas se continuar inválida vai para a mansão, pois lá também é sua casa. Comunica também que pretende comparecer ao julgamento e seu depoimento pode deixar Paulina por muito anos na cadeia. Dr. Edmundo chega ao hospital e comunica que o julgamento de Paulina será em uma semana. O nascimento do filho faz com que Estephanie mude completamente seu modo de pensar em relação a Willy e já não se importa com ele.

Capítulo 73, segunda-feira, 25 de março

No encontro entre as gêmeas, Paola mente descaradamente para Paulina. Willy ameaça novamente Viviana, briga violentamente com Estephanie e decide ir embora de casa levando todo o dinheiro que a mulher tem em seu poder. A discussão com Willy provoca o parto prematuro do bebê e Estephanie é levada às pressas para o hospital. Isabel fica muito feliz ao ver sua irmã Antonia em liberdade. Carlos Daniel, depois de uma dura conversa com Paola, deixa bem claro que ela nunca voltará para a mansão dos Bracho. Paola comete um terrível deslize ao contar a Paulina quais são suas verdadeiras intenções assim que conseguir voltar para a casa dos Bracho. Estephanie, na hora do parto, sente a falta do marido que a essa altura dos acontecimentos já deve estar fora do país. Verônica, ao ver a maneira como Leandro fala de Viviana, percebe que ele ainda ama a garota. Paulina chega a triste conclusão de que sua irmã não mudou em nada o seu caráter, mas mesmo assim não se atreve a abandoná-la. Dr. Edmundo diz a Paulina que tem uma surpresa para ela.

Capítulo 72, sexta-feira, 22 de março

Com a ajuda dos irmãos, Estephanie consegue tirar Willy da cadeia e ao perceber que ela vai lhe pedir o divórcio, Willy joga a culpa em Viviana e usa todo seu cinismo para demonstrar “arrependimento” e pedir perdão à esposa. Estephanie, que faz de tudo para segurar Willy a seu lado, vai procurar a rival e lhe oferece dinheiro para que retire a queixa contra Willy e se afaste de seu marido para sempre. A garota não aceita a proposta e a duas tem uma séria discussão. Rodrigo recebe um envelope e se surpreende ao descobrir que Douglas Maldonado acaba de doar uma grande fortuna para Paulina Martins e que também a transforma na sócia majoritária na fábrica Bracho. A decisão de Douglas pega todos de surpresa e deixa Carlos Daniel cheio de dúvidas, pois na visão dele, nenhum homem daria uma fortuna como essa para uma mulher sem interesse e, por isso acredita que os dois tiveram um caso amoroso. Na prisão, Paulina também não consegue acreditar no que Douglas Maldonado acaba de fazer.

Capítulo 71, quinta-feira, 21 de março

No hospital, o encontro das gêmeas é marcado pela emoção de Paulina e pelo cinismo de Paola. Paulina promete à irmã que se sacrificará por ela e Paola, dando sequência a seu plano, se mostra arrependida de tudo que fez. Desesperada com a prisão de Willy, Estephanie procura Vovó Piedade e pede ajuda dos irmãos para libertá-lo. De volta ao presídio, Paulina é chamada na sala do diretor onde é assediada e agarrada por ele. Paulina reage, lhe dá uma bofetada e agora teme por represálias. Enquanto Rodrigo e Carlos Daniel procuram um advogado para resolver o caso de Willy, Patrícia procura Viviana e tenta evitar que ela volte a denunciá-lo. Paulina manda chamar o advogado para dizer que aceita que a defenda, mas coloca como condição que ele não mencione sua irmã, pois não quer vê-la envolvida em nenhum escândalo.

Capítulo 70, quarta-feira, 20 de março

Paulina começa a trabalhar na enfermaria e não se livra do assédio de Silvano, o diretor do presídio. O escândalo que Viviana aprontou na fábrica deixa Willy furioso. Quando os dois voltam a se encontrar ela ameaça denunciá-lo à polícia e é esbofeteada e ameaçada de morte. Os jornais noticiam que Paola Bracho começa a se recuperar e a notícia deixa a todos muito surpresos. Donato, o ex-amante de Paola, ao ler a notícia diz ao amigo que está disposto a depor em favor de Paulina, pois acredita ser uma testemunha chave para sua defesa. Carlos Daniel e Rodrigo vão até o hospital para ver Paola e ela, dando sequência a seu plano, pede que a perdoem por tudo, pois quer morrer em paz. Paola pede também para ver Paulina. Viviana e sua madrinha, dona Abgail, denunciam Willy. Com a prisão decretada, a polícia vai buscá-lo e Willy recebe voz de prisão na presença de Estephanie. Paulina recebe permissão para visitar Paola no hospital e, no encontro com a irmã gêmea, ela promete que nada lhe acontecerá.

Capítulo 69, terça-feira, 19 de março

Carlos Daniel fica surpreso ao ver Paola reagir e até acredita que ela possa ajudar Paulina. Mas Paola só quer fazê-lo sofrer e não tem a menor intenção de ajudar sua irmã. Verônica é a nova gerente da fábrica, promoção que a preocupa, pois pode afetar sua relação com Leandro. Ao saber da novidade Leda, furiosa, procura Rodrigo para mostrar toda sua indignação com a promoção de Verônica, mas se dá mal e é proibida de voltar à fábrica. Desesperada, Viviana procura Rodrigo e ameaça mandar Willy para a cadeia se não se casar com ela. Rodrigo, que já a havia prevenido contra Willy, se irrita com o tom de ameaça da garota e a demite. Enquanto isso Estephanie e Willy se mudam para a nova casa e ele pede à esposa que não dê o endereço a ninguém. O milionário Douglas Maldonado, que agradece sua recuperação a Paulina, decide ajudá-la doando-lhe os dois milhões de dólares que emprestou à fábrica Bracho. Patrícia procura Willy para avisá-lo das intenções de Viviana.

Capítulo 68, segunda-feira, 18 de março

Carlinhos vê a foto de Paola no jornal e pede para ver a mãe. Carlos Daniel, sem saber como resolver o problema, pede a ajuda de Vovó Piedade que decide contar a verdade. Carlinhos chora muito e convence sua bisavó a levá-lo até a prisão. Willy briga com Estephanie, pede o divórcio e exige metade de tudo que ela tem para receber de sua parte na herança dos Bracho. Estephanie se nega a aceitar a separação. Enquanto isso, Viviana já não tem dúvida de que está grávida, mas não sabe como vai dar a notícia a Willy. Dona Piedade leva Carlinhos até a prisão para ver Paulina. A princípio ela se nega terminantemente a recebê-los, mas depois de falar por telefone com o menino ela vai ao encontro dos dois. Dona Piedade conversa longamente com Paulina e tenta fazê-la entender que não pode se afastar dessa maneira das pessoas que gostam dela e que Carlos Daniel sofre muito com seu desprezo. Paola, auxiliada por Elvira, põe em prática o seu plano diabólico e Carlos Daniel cai na armadilha.

Capítulo 67, sexta-feira, 15 de março

Carlinhos recuperou parcialmente a memória, só consegue lembrar do dia em que saiu de casa para procurar a mãe e ainda não reconhece Isabel e Moacir. No presídio, Dr. Edmundo tenta de todas as formas convencer Paulina a retificar seu depoimento, mas ela se nega a acusar sua irmã, e pede ao advogado para que desista do caso. Mas além de interessado no caso por sua complexidade, o advogado está fascinado por ela, por isso se recusa a aceitar sua decisão e garante que vai defendê-la mesmo contra a sua vontade. Carlos Daniel comenta com Rodrigo e Verônica que Carlinhos recuperou a memória e contou como tudo aconteceu, o que não deixa nenhuma dúvida de que Paulina não teve nada a ver com seu desaparecimento. Carlos Daniel discute com Leda, defende Paulina e exige que ela desapareça da fábrica e de sua vida. Leandro pede Verônica em casamento. Estephanie discute com Willy e ameaça entregar as páginas do diário de Paola, onde ela fala sobre o romance dos dois. Elvira, a enfermeira de Paola, se converte em sua cúmplice e está disposta a ajudá-la em seu plano diabólico. Paola dá então, o primeiro passo para voltar à mansão dos Bracho, começa o teatro de sua recuperação e deixa o médico abismado. Carlos Daniel retira a queixa e pede ao delegado que liberte Antonia. Paulina arruma uma briga na prisão e acaba na sala do diretor só que ao invés de um castigo leva uma cantada. Carlinhos vê a foto de Paola no jornal.

Capítulo 66, quinta-feira, 14 de março

Verônica conversa seriamente com Carlos Daniel e descarta qualquer possibilidade de um romance entre eles, pois ela começa a gostar de outro homem e ele ama Paulina, mesmo que se negue a aceitar. Verônica o aconselha também a conversar com seu filho para saber como tudo aconteceu no dia em que ele fugiu de casa. Carlos Daniel ouve Carlinhos e percebe o quanto foi injusto com Paulina. Dona Abgail nota que Viviana está sempre enjoada e com vertigens, suspeita que ela está grávida e responsabiliza Leandro pelo que está acontecendo. Carlos Daniel vai até o presídio para pedir perdão a Paulina, mas ela se nega a recebê-lo. Isabel fala com Carlos Daniel e pede a ele que ajude sua irmã a sair da cadeia, já que ele está convencido de que não houve sequestro. Dr. Serrano continua trabalhando para conseguir libertar Paulina e mais uma vez tenta fazer com que ela o aceite com seu advogado.

Capítulo 65, quarta-feira, 13 de março

Carlinhos recobra os sentidos e também a memória que havia perdido, mas agora só se lembra do dia em que saiu de casa para procurar sua mãe, e não reconhece mais Isabel e Moacir. Estephanie vai até a fábrica pedir US$ 50 mil e exige que o cheque seja feito em nome de seu marido. Paola, mais uma vez, estava fingindo e oferece muito dinheiro para que Elvira, a enfermeira, seja sua cúmplice no plano que vai levá-la de volta à mansão dos Bracho. Leda tenta, mais uma vez, convencer Dr. Edmundo para que desista de defender Paulina, mas ele insiste em ser seu advogado. Adelina conversa com o menino e se convence de que Paulina não teve nada a ver com seu desaparecimento. Paulina escreve uma carta para o diretor do presídio pedindo a ele que não permita a entrada de ninguém que venha visitá-la. Horas mais tarde, no refeitório, Antonia provoca Paulina e chega a agredi-la.

Capítulo 64, terça-feira, 12 de março

O advogado volta ao presídio e depois de conversar longamente com Paulina tenta lhe mostrar as consequências de sua confissão, mas ela está irredutível e dispensa seus serviços. Sentindo-se ao mesmo tempo atraído e desafiado, Dr. Serrano decide defendê-la. Depois de conversar com o advogado, Carlos Daniel está convencido de que Paulina tem mesmo um cúmplice e dá razão a Leda e Willy por a terem denunciado. E, para reparar o “seu erro” diz a Rodrigo que vai pedir a Willy que volte para a fábrica, mas não é apoiado pelo irmão. Completamente perturbado com tudo que está acontecendo, Carlos Daniel vai até o hospital e pede perdão a Paola. Dona Piedade visita Paulina e conta que Carlos Daniel  desconfia que ela tem um cúmplice, pois ele está fazendo de tudo para defendê-la. Paulina confessa que fez tudo para defender sua irmã e livrar os Bracho de um escândalo e pede para todos a esqueçam. Revoltado com tudo que ele agora pensa sobre Paulina, Carlos Daniel decide expulsar Isabel e Moacir de sua casa, pois acredita que os dois são cúmplices de Paulina no sequestro de Carlinhos. Depois de ouvir tudo que o pai acaba de dizer Carlinhos cai da escada, ao tentar defender seus amigos. No hospital, a enfermeira entra no quarto e se surpreende ao ver que Paola não está na cama. Ao que parece Paola, mais uma vez, está fingindo.

Capítulo 63, segunda-feira, 11 de março

Paulina conversa com o advogado e se nega terminantemente a ser defendida. Leda vai até a mansão e é expulsa por dona Piedade, mas antes de sair tenta convencer a todos, e principalmente a Carlos Daniel, de que Paulina tem um cúmplice e que ele contratou um advogado para defendê-la. Sem dinheiro nem para pagar a conta do hospital, Willy pede a Estephanie que se curve diante de seus irmãos para sair da difícil situação financeira que atravessam, mas ela prefere entregar suas joias a Willy para que ele as venda. Estephanie visita Paola e demonstra todo o ódio que sente por ela. Carlos Daniel procura Dr. Edmundo Serrano e descobre que alguém o contratou para defender Paulina, o que faz com que ele se convença de que ela tem um cúmplice. Dr. Serrano sente-se atraído pela beleza de Paulina e insiste em defendê-la, mas Paulina não aceita.

Capítulo 62, sexta-feira, 08 de março

Paulina chega ao presídio e vai parar na mesma cela em que está Antonia. Carlinhos volta para casa e insiste que quer ver “sua mãe”. Estephanie decide retirar do banco uma grande quantia em dinheiro, já que seus irmãos se recusam a lhe pagar uma pensão, mas quando Willy chega ao  banco recebe a informação de que não poderá retirar nem um tostão sem a aprovação de Rodrigo ou Carlos Daniel. O Dr. Montezuma conta a Carlos Daniel que Paulina se confessou culpada para defender a irmã e comunica a ele que desiste do caso. Carlos Daniel vai até o presídio para tentar convencer Paulina a mudar seu depoimento, mas ela se nega a acusar Paola e pede a Carlos Daniel que não volte mais ao presídio. Osvaldo procura Dr. Edmundo Serrano, um dos melhores advogados do país para defender Paulina, e pede a Lurdes um cheque em branco para poder pagar os honorários. Por coincidência, Leda e Edmundo se conhecem e ao saber que ele está prestes a defender Paulina, tenta convencê-lo a não aceitar o caso com o argumento de que Paulina é uma delinquente. Desesperado com a desistência do advogado e com a decisão de Paulina de não se deixar defender, Carlos Daniel decide procurar outro advogado que, por coincidência, é o Dr. Edmundo Serrano.

Capítulo 61, quinta-feira, 07 de março

Acusada de sequestro e falsidade ideológica, Paulina  está presa incomunicável e nenhuma fiança poderá ser paga para colocá-la em liberdade. Enquanto Carlos Daniel contrata o Dr. Edmundo para defender Paulina, Leda e Willy comemoram sua prisão. Rodrigo e Carlos Daniel revoltados com Willy, por ter denunciado Paulina, decidem proibir sua entrada na fábrica e também se negam a lhe dar um centavo sequer do dinheiro a que Estephanie tem direito. O advogado quer que Paulina acuse Paola, mas ela se recusa a colocar sua irmã numa situação difícil, pois ela não está em condições de se defender. Por isso, depois que as duas se encontram, Paulina , diante da representante do ministério público, diz que obrigou Paola a deixá-la ocupar o seu lugar e se declara culpada de tudo. Ao saber da atitude de seus irmãos, Estephanie pede ao marido que vá ao banco e, com a procuração que tem, retire todo o dinheiro de sua conta. Dr. Edmundo se revolta com a confissão absurda de Paulina e ameaça abandonar o caso e não defendê-la nos tribunais. Ré confessa, Paulina é transferida para o presídio feminino.

Capítulo 60, quarta-feira, 06 de março

Paulina, debilitada pela transfusão, volta para a mansão dos Bracho e fica sabendo que Paola está na mesma clinica que Estephanie. Viviana fica deprimida ao perceber que entrou numa fria, mas se recusa a contar o que está acontecendo para sua madrinha. Leda tenta jogar Carlos Daniel contra Paulina, os dois discutem seriamente. Carlos Daniel a proíbe de voltar à fábrica e exige que se afaste dele e de sua família. Na manhã seguinte, a polícia chega à mansão para prender Paulina. Carlos Daniel tenta impedir, mas ela não oferece resistência. Carlos Daniel acompanha Paulina até a delegacia. O delegado Merino entrega a ela a carta de sua mãe, onde dona Paula conta que Paola é sua irmã gêmea, que as duas foram separadas ao nascer e que Paola foi adotada. Começa o depoimento de Paulina e o delegado Merino diz que Paola foi vítima de suas maldades. Carlos Daniel, indignado, sai para procurar seu advogado. O depoimento prossegue e Paulina conta como tudo aconteceu, mas o delegado é frio em sua decisão: ele diz a Paulina que se Paola pudesse falar e confirmar o que ela acaba de dizer, tudo se resolveria, mas é provável que Paola morra sem que tenha voltado a falar e Paulina passará pelo menos 10 anos na cadeia.

Capítulo 59, terça-feira, 05 de março

Paulina está decidida a se entregar à polícia e acabar de uma vez com essa situação. Carlos Daniel confessa seu amor, pede a ela em casamento e tenta convencê-la  a fugir, mas Paulina está irredutível. O delegado Merino dá ordens ao investigador para que siga todos os passos de Paulina Martins. Depois do escândalo na fábrica e da briga com Estephanie, Willy só pensa em se vingar de Paulina por ter contado a Estephanie sobre seu romance com Viviana, e pede a  Leda que o acompanhe até a delegacia para denunciá-la. Enquanto isso, Estephanie piora e corre o risco de sofrer um aborto. Ao saber do estado de Estephanie, Paulina esquece seus planos e vai com Carlos Daniel até a clínica. E o destino prepara uma surpresa para Estephanie: depois de perder muito sangue, ela precisa de uma transfusão para tentar salvar o bebê e a única em condições de doar é Paulina. Por uma enorme coincidência, Estephanie foi levada para a mesma clínica onde está internada a verdadeira Paola. Carlos Daniel decide ir até o quarto dela, e fica perplexo ao ver o estado em que se encontra. O médico não lhe dá nenhuma esperança, diz que seu caso é irreversível, mas ao ficar sozinho e tentar conversar com ela, Paola reage.

Capítulo 58, segunda-feira, 04 de março

Carlos Daniel pede ajuda a seu advogado e o delegado Merino não consegue prender Paulina, pois o mandado de prisão está em nome de Paulina Martins e a mulher a quem ele deu voz de prisão tem seus documentos como Paola Bracho. Douglas lamenta ter se envolvido com Paola já que ele ama Paulina, mas sente que a felicidade está fugindo de suas mãos, pois sabe que não tem nenhuma chance com ela. Lurdes percebe que Osvaldo não para de pensar em Paulina, pergunta a ele por que se preocupa tanto com ela e ouve o que não quer: ele confessa que ainda gosta dela. Dona Piedade recebe uma carta anônima com a informação de que a verdadeira Paola está internada em estado grave. Estephanie aparece na fábrica, dá uma bofetada em Willy e provoca um escândalo brigando feio com Viviana. Depois da briga, os dois discutem e Estephanie diz a Willy que ele não administrará mais o dinheiro dela. Willy perde o controle e agride Estephanie, que vai parar no hospital com fortes dores e corre o risco de perder o bebê. A polícia recebe a denúncia e vai até a clínica onde Paola está internada. Depois, o delegado Merino volta à mansão dos Bracho para avisar que a verdadeira Paola Bracho está internada com uma lesão cerebral e conta para Rodrigo e Dona Piedade que ela e Paulina são irmãs gêmeas. Sem provas suficientes para prender Paulina os policiais vão embora. Dona Piedade aconselha Paulina a fugir antes que seja tarde, mas ela decide se entregar.

Capítulo 57, sexta-feira, 1º de março

Willy finalmente consegue seduzir Viviana, e Leandro conta para Dona Abgail que o homem com quem ela está saindo é Willy. Douglas interna Paola, paga a conta, manda Bráulio avisar a família, e deixa uma carta de identificação ao lado da cama dela. Paulina preocupada com o que Willy pode fazer com a herança de Estephanie, decide dar aos poucos o dinheiro que é dela por direito, mas acaba comprando uma briga com Willy, que ameaça denunciá-la. Leda vai até a delegacia assinar a denúncia contra a usurpadora. A polícia chega à mansão dos Bracho para prender Paulina, mas dona Piedade afirma quem está na mansão é Paola. No hospital a verdadeira Paola continua como um vegetal e o Dr. Galícia, diante do mistério que envolveu sua internação, decide avisar a polícia. Paulina procura Estephanie, conta a ela que Willy voltou a sair com Viviana e tenta abrir seus olhos: ou ela anula a procuração que deu ao marido ou vai acabar na miséria. O delegado sai da mansão e vai até o hospital procurar por Paulina, Carlos Daniel nega as acusações, mas o delegado Merino não se convence. Ao chegar ao hospital, onde está Carlinhos, Paulina recebe voz de prisão.

Capítulo 56, quinta-feira, 28 de fevereiro

Verônica alerta Rodrigo sobre o perigo que Willy representa para os Bracho e diz que ele continua se encontrando com Viviana. A polícia decide investigar a denúncia de Leda, mas acaba se confundindo ainda mais sobre quem realmente está na casa dos Bracho. O investigador Amador, vai até o hospital e para se certificar da denúncia de Leda chama “Paola” de Paulina, e ela, pega de surpresa, responde. Mais tarde, informado por Lalinha sobre os amantes de Paola, Amador vai até o apartamento de Donato, mas ele não entrega Paulina e afirma ao investigador que é Paola quem está na mansão dos Bracho. Leandro confessa a Verônica que já não ama Viviana e que está interessado em outra mulher. Rodrigo procura Estephanie, tenta convencê-la a não confiar tanto em Willy, se chateia com a reação da irmã, mas não tem coragem de contar nada sobre a infidelidade do cunhado. Depois da conversa com Estephanie, Rodrigo decide procurar Viviana para dizer o quanto seu relacionamento com Willy é prejudicial para ela e para sua irmã. Douglas decide internar Paola e pede a Bráulio que comunique a família Bracho. Cresce a amizade entre Leandro e Verônica e ela já admite que está gostando dele. O delegado pede a Leda que formalize sua denúncia contra a usurpadora. Carlos Daniel surpreende Paulina  pensando alto e já não tem nenhuma dúvida de que ela o ama. A descoberta de Carlos Daniel acaba em confissão e Paulina admite que está apaixonada por ele.

Capítulo 55, quarta-feira, 27 de fevereiro

Estephanie e Willy discutem. Ele admite que tem outras mulheres, mas tenta convencê-la de que são aventuras passageiras. Estephanie procura Patrícia para desabafar, mas acaba não contando nada sobre a infidelidade de Willy. Dona Abgail descobre que Willy deu para Viviana um anel valioso e as duas discutem. Enquanto isso, um amigo conta a Leandro que viu Viviana com Willy. Carlinhos é operado com sucesso e a preocupação com o menino aproxima ainda mais Paulina e Carlos Daniel. Moacir e Isabel também estão ao lado do menino e Carlos Daniel, ao ver o carinho com eles tratam seu filho, admite que estava enganado em seu julgamento. Viviana e Willy continuam se encontrando, o que traz muito sofrimento para Estephanie e revolta Leandro, que briga feio com o rival. Leda vai até a delegacia e conta que Paulina Martins está na casa dos Bracho.

Capítulo 54, terça-feira, 26 de fevereiro

Verônica conta a Carlos Daniel que Leandro não vai mais se casar com Viviana e que desconfia que seu cunhado Willy esteja envolvido no rompimento. Os dois conversam longamente e Carlos Daniel acaba admitindo que ama Paulina, embora um abismo os separe, e é aconselhado por Verônica a esquecer tudo e ficar com Paulina, pois ela é importante para ele e seus filhos. A carta escrita pela mãe de Paulina vai parar nas mãos da polícia, que descobre que Paola e Paulina são irmãs gêmeas. Dona Piedade e Adelina se preocupam com Estephanie e esperam que ela se arrependa e volte para a mansão dos Bracho. Enquanto isso, Patrícia e Paulina a procuram para alertá-la do erro que está cometendo ao confiar tão cegamente em seu marido, mas Estephanie não ouve ninguém. Ao ficar sabendo da conversa entre Paulina e Estephanie, Willy se enfurece e ameaça denunciar Paulina, caso os Bracho não lhe dêem o dinheiro que quer. Estephanie começa a desconfiar que Willy a engana com outra mulher e pede a Estela para vigiá-lo. Carlos Daniel percebe que não consegue reconquistar Carlinhos e permite que Isabel e Moacir estejam a seu lado na hora da operação. Willy, na tentativa de seduzi-la, presenteia a ambiciosa Viviana com um valioso anel. Mas, ao voltar para casa, e tentar explicar onde estava, entra em contradição, e para piorar a situação Estephanie vê sua camisa manchada de batom. 

Capítulo 53, segunda-feira, 25 de fevereiro

Paulina confessa a Célia que é virgem e depois do “susto” a amiga conta a ela que Filó tem em seu poder uma carta de sua mãe. Douglas avisa Paola que vão voltar para seu país, mas ela não tem nenhuma reação e mal consegue balbuciar algumas palavras. Carlos Daniel e Rodrigo comemoram a boa fase que a fábrica atravessa, mas se preocupam com o futuro da irmã, pois tem a certeza de que se derem a ela a parte a que tem direito, Willy em pouco tempo acabará com todo seu dinheiro. A polícia recebe uma carta anônima, enviada por Leda, onde ela diz que Paulina está muito mais perto do que eles pensam. Estephanie liga para a fábrica e descobre que Willy já saiu faz muito tempo. Quando ele chega  em casa os dois discutem feio e  ela quer saber com quem ele está saindo. Carlinhos passa o dia com seus amigos e convida Moacir para passar alguns dias com ele na mansão. Paulina faz o gosto do menino e recebe todo o apoio de dona Piedade. Willy exige que Carlos Daniel lhe dê uma grande quantia em dinheiro. Chega à casa de Célia a carta da mãe de Paulina, mas o investigador intercepta a correspondência. Douglas volta ao país em companhia de Paola. Ela chega numa cadeira de rodas e com a saúde comprometida.

Capítulo 52, sexta-feira, 22 de fevereiro

Paulina consegue que Carlos Daniel concorde em deixá-la levar Carlinhos para visitar Isabel e Moacir e, ao reencontrar os amigos, Carlinhos volta a sorrir novamente. Estephanie assina uma procuração dando plenos poderes a Willy para que seja seu representante legal. Paulina acusa Willy de tudo que está acontecendo na fábrica e de ter incitado os trabalhadores. Os dois discutem seriamente, Rodrigo defende Paulina e Willy ameaça denunciá-la à polícia. Bráulio aconselha Douglas a não se responsabilizar pela doença de Paola e o milionário decide procurar a família Bracho para transferir o problema. Paulina faz modificações no contrato coletivo de trabalho e consegue o apoio dos operários, acabando com a crise na fábrica. Willy e Viviana se encontram no lugar de sempre. Dona Abgail, madrinha da moça, avisa Leandro que ela não quer mais se casar com ele, pois está saindo com outro homem, mas não sabe que é Willy. Leda conta a Estephanie que foi até a polícia e denunciou Paulina.

Capítulo 51, quinta-feira, 21 de fevereiro

Leda avisa Willy que não voltará mais à fábrica. Ao tomarem conhecimento de que Paulina conseguiu convencer os operários e que Leandro continuará sendo o supervisor, os dois ficam indignados. Adelina se desespera ao saber, pela própria Estephanie, que ela vai embora para sempre da mansão dos Bracho, e dona Piedade a aconselha a contar toda a verdade. Numa conversa franca com Verônica, Paulina confessa que seu amor por Carlos Daniel é proibido e sugere que ela se case com ele. Na mansão dos Bracho, todos estão muito preocupados com a atitude de Carlinhos, o menino se isola cada vez mais e só pede para ver Isabel e Moacir. E a situação se complica ainda mais quando ele ouve Carlos Daniel dizendo que vai interná-lo num sanatório. Dona Piedade acredita que somente Paulina pode tirar Carlinhos do estado em que se encontra. Nos Estados Unidos, o Dr. Smith diagnostica que o estado de Paola é muito grave e aconselha Douglas a procurar o médico que a operou. Estephanie e Willy vão embora da mansão e agora, longe da família, a convence a assinar uma procuração para que ele reclame sua parte na herança. Estephanie confia plenamente no marido, mas ele não mudou em nada já que voltou a assediar Viviana. Paulina conversa com Carlos Daniel e tenta fazê-lo entender que Carlinhos precisa ver seus amigos e que precisa ter paciência com o menino. Carlos Daniel agradece por tudo que tem feito pela família, diz que precisa muito dela e a conversa acaba com um beijo apaixonado.

Capítulo 50, quarta-feira, 20 de fevereiro

Carlos Daniel descobre que Paola fugiu com o milionário Douglas Maldonado. Carlinhos continua com amnésia. A polícia interroga Célia, a amiga de Paulina. A jovem conta tudo que sabe e defende a amiga. Dona Piedade reúne a família para discutirem os problemas da fábrica e nomeia Paulina como sua assessora, mas enfrenta a oposição de todos. Estephanie propõe que Willy seja nomeado como novo supervisor da fábrica. Paulina não aceita a proposta  e Estephanie ameaça abandonar a empresa e ainda exige sua parte das ações da fábrica. A reunião esquenta quando Estephanie e Leda começam a ofender Paulina e a acusam de ter sequestrado Carlinhos. Paulina dá uma bofetada em cada uma e recebe o apoio de Dona Piedade, Carlos Daniel, Rodrigo e Patrícia. Depois da discussão, Willy e Estephanie decidem sair da mansão e denunciar Paulina. Enquanto isso, a verdadeira Paola Bracho está muito mal e Douglas a interna em um hospital de Nova York. Interrogada, Antonia  confessa que teve a ajuda de Marina. Acusada de cúmplice no caso do sequestro do menino, Marina é presa. A situação na fábrica vai de mal a pior. Paulina intervém e Rodrigo, ao ver como conduz a questão dos operários, muda de opinião com relação a ela. Carlos Daniel admite que está apaixonado por Paulina.

Capítulo 49, terça-feira, 19 de fevereiro

Moacir e Antonia são presos. Na delegacia é feita uma acareação entre Carlinhos e os detidos e o menino defende os dois. Paulina promete à Vovó Piedade que continuará na mansão como se fosse a verdadeira Paola Bracho. Willy convence Estephanie a apoiá-lo em seus objetivos. Ele quer supervisionar os operários no lugar de Leandro e quer que Estephanie peça aos irmãos sua parte nas ações da fábrica. Willy começa a conversar com os empregados e os coloca contra Leandro, afirmando que ele recebe dinheiro dos patrões para apoiá-los. A partir desse momento Leandro não consegue mais dominar os operários e vai até Rodrigo pedir demissão do cargo. Douglas e Paola estão no avião a caminho de Nova York quando ela tem mais uma de suas crises. A situação na fábrica leva Carlos Daniel a convocar uma reunião de família para decidir o que fazer. Dona Piedade exige que Paulina esteja presente. Carlos Daniel fala com ela e aproveita que estão a sós para perguntar se seria capaz de se casar com ele.

Capítulo 48, segunda-feira, 18 de fevereiro

Paulina não aceita o conselho de Carlos Daniel e diz que assim que a presença dela não for mais necessária se entregará. Antonia e Moacir estão apreensivos, pois a polícia pode chegar a qualquer momento, já que Isabel foi detida e acusada de sequestro. Leda começa uma guerra contra Verônica, pois a considera uma rival muito perigosa. Paola ouve Bráulio falando mal dela para Douglas e sofre uma nova crise com fortes dores de cabeça. Carlos Daniel pede mais uma vez a Paulina que não fuja e propõe que ela continue se fazendo passar por Paola Bracho. A decisão de Carlos Daniel revolta seus irmãos e Leda, é claro. Carlinhos vê no jornal a foto de Isabel sendo acusada de sequestrar um menino. Carlinhos começa a chorar e pede ao pai que o leve até a delegacia para defender sua “Vovó Isabel”.

Capítulo 47, sexta-feira, 15 de fevereiro

Paulina não aceita fugir e diz a Carlos Daniel que ela mesma vai se entregar à polícia. Quando o delegado vai até o hotel para interrogar o menino, Paulina tenta contar tudo, mas Carlos Daniel não permite que ela o faça. No litoral, Filomena está limpando a choupana onde Paulina vivia com sua mãe, quando encontra a carta que dona Paula escreveu antes de morrer e suspeita que Paulina não chegara a ler. Filomena entra em contato com Célia, a amiga de Paulina, e avisa a ela que tem em seu poder uma carta da mãe de Paulina. Leda coloca toda a família Bracho contra Paulina, menos Dona Piedade que garante ao neto que ela poderá fazê-lo muito feliz. Os jornais publicam que Carlinhos está de volta e que a família pagou o resgate. A notícia traz uma enorme preocupação para Isabel e Moacir. Paola é pressionada por Douglas Maldonado que quer saber se ela é Noélia e qual a diferença entre a Paola que pediu os U$S 2 milhões e essa Paola. Carlos Daniel pede mais uma vez a Paulina que fuja, pois chegará o momento em que ele não poderá mais protegê-la. Os dois estão muito próximos e Carlos Daniel está a ponto de beijá-la.

Capítulo 46, quinta-feira, 14 de fevereiro

Paulina fala com tanta sinceridade que Carlos Daniel acredita em seu juramento. Mas Leda envenena Carlos Daniel e ele muda rapidamente de ideia exigindo que Paulina vá embora. Isabel decide deixar o menino na porta da delegacia, onde é encontrado por Paulina. O menino está sem memória e não reconhece ninguém. Carlos Daniel, influenciado por Leda e Rodrigo, acaba se convencendo de que Paulina estava realmente com seu filho. Mas no fundo ele não acredita que Paulina seja culpada, por isso, antes de avisar a polícia que seu filho apareceu, pede a Paulina que fuja para bem longe para não ser presa.

Capítulo 45, quarta-feira, 13 de fevereiro

Estephanie pressiona Rodrigo para que denuncie Paulina, mas ele prefere esperar por Carlos Daniel. Carlinhos se nega a acompanhar Antonia, por isso ela não pode entregar o menino a Carlos Daniel e pegar a recompensa. Isabel descobre as terríveis intenções de Antonia e decide levar o menino para a delegacia. Douglas observa o comportamento de Paola com o músico que conheceu na festa. Estephanie insiste para que Paulina confesse que Carlinhos está em seu poder. Durante a conversa, ela faz Paulina relembrar seu passado. Ao dizer que as duas podem ser irmãs gêmeas, Paulina pensa em sua mãe que morreu sem lhe contar algo muito importante. Paola tem uma recaída, em consequência do acidente que sofreu, e o médico lhe recomenda que procure o médico que a operou. Dona Piedade pede a Paulina que viaje para se encontrar com Carlos Daniel e o ajude a localizar Carlinhos. Ao chegar no hotel, Paulina conta a Carlos Daniel que é a usurpadora.

Capítulo 44, segunda-feira, 11 de fevereiro

Paulina convence Carlos Daniel de que a mulher que ligou está realmente com seu filho. Marina liga novamente e desta vez consegue fazer um acordo com Carlos Daniel, que decide viajar para a Estância do Sol, local mais próximo do lugar onde prometeram lhe entregar Carlinhos. Patrícia conta a Rodrigo que é Paulina quem está na mansão dos Bracho e ele quer denunciá-la à polícia. Dona Piedade tenta impedir que Rodrigo mande Paulina para a cadeia acusada de ser uma usurpadora. Paola continua com Douglas no Havaí, mas não está bem de saúde, depois de uma forte pontada na cabeça, ela desmaia. Ao ficar frente a frente com Paulina, Rodrigo não consegue disfarçar e diz a ela que já sabe de tudo. A conversa não é amistosa, ele só pensa em denunciá-la, mas ao receber uma carta de Douglas Maldonado, onde ele afasta Paola de seu posto, fica sabendo por Paulina que é muito provável que Paola tenha fugido com o milionário. Envergonhado pela atitude da cunhada, aceita ficar calado e não desmascarar Paulina para evitar que seu irmão passe por essa humilhação. Enquanto isso, a verdadeira Paola vai a uma festa e não se inibe em flertar com outros homens, mesmo estando acompanhada de Douglas. Paulina confessa a Adelina seu amor por Carlos Daniel.

Capítulo 43, sexta-feira, 08 de fevereiro

Ao se deixar beijar por Carlos Daniel, Paulina faz com que ele se convença de que ela é mesmo Paola, pois Paulina não teria permitido que a beijasse. Por isso, Carlos Daniel agora nem desconfia que a mulher que está diante dele é Paulina e, pensando ser Paola, diz a ela que não a ama mais. Adelina pergunta a Dona Piedade por que não conta ao neto que a usurpadora está de volta. A resposta é simples, caso fiquem sabendo da verdade seus netos denunciarão Paulina. Enquanto isso, a verdadeira Paola está em Honolulu ao lado de Douglas Maldonado, mas repentinamente ela tem uma forte dor de cabeça. Nessa mesma noite, ao ver o sinal em suas costas, Douglas tem a certeza de que Paola e Noélia são a mesma pessoa. Osvaldo descobre que Paulina já não trabalha em sua casa e que antes de partir contou a Lurdes toda a verdade. Antônia e Mariana entram em contato com Carlos Daniel e pedem dinheiro para entregar o menino. Carlos Daniel acreditando ser um trote desliga o telefone. Paulina procura Patrícia, confessa sua verdadeira identidade e pede a ela que conte toda a verdade a Rodrigo. Ao chegar à mansão, Paulina atende um telefonema de Antônia e liga para Carlos Daniel para lhe dar a notícia de que encontram Carlinhos.

Capítulo 42, quinta-feira, 07 de fevereiro

A foto de Carlinhos está em todos os jornais e o menino continua sendo o pivô das brigas entre Isabel e sua irmã Antônia. As intenções de Antônia não são das melhores e ela prepara um plano diabólico: vai entregar o menino para a família, mas só depois que eles lhe dêem uma recompensa. Paola viaja com Douglas e promete que lhe dará tudo o que ele pedir. Paulina chega à mansão dos Bracho e não é reconhecida por Lalinha, que lhe pergunta se desistiu de fugir. É emocionante o encontro de Paulina com Vovó Piedade, que ao saber que a verdadeira Paola foi embora pede a ela que, mais uma vez, se faça passar por Paola. Leandro adia seu casamento até que Carlinhos reapareça e Viviana ameaça romper o compromisso. No jantar, Paulina se esforça por parecer Paola, mas Carlos Daniel percebe que está muito diferente. Mais tarde ele entra de repente no quarto dela e a beija apaixonadamente.

Capítulo 41, quarta-feira, 06 de fevereiro

Paulina garante a Carlos Daniel que não está com seu filho e agora, na mansão dos Bracho, ninguém tem mais esperanças de encontrar Carlinhos. Carlos Daniel está inconsolável e Estephanie continua culpando Paulina pelo desaparecimento do menino. Paola pede a Douglas Maldonado que a desobrigue de seus compromissos na fábrica e promete que fugirá com ele. Isabel fica sabendo, pelos jornais, que a família está procurando Carlinhos. Lurdes conta a Paulina como foi seu casamento com Osvaldo e ela abre o jogo com a patroa contando quem é Osvaldo e a aconselha a não destruir sua vida por um homem tão desprezível. Paola prepara tudo para sua fuga com Douglas Maldonado e transforma Lalinha em sua cúmplice. Preocupada com Carlinhos, Paulina decide voltar à mansão e enfrentar Paola.

Capítulo 40, terça-feira, 05 de fevereiro

Leda e Verônica discutem seriamente e Leda conta a Paola que Carlos Daniel tem um romance com a secretária. Paola comunica a Rodrigo e Carlos Daniel que não quer mais trabalhar na fábrica, afinal agora seus planos são outros. Ela está decidida a abandonar Carlos Daniel para viver com o milionário Douglas Maldonado, não sem antes retirar todo o dinheiro de sua conta bancária. Paulina fica sabendo, pelos jornais, que Carlos Daniel a está procurando e liga para ele.

Capítulo 39, segunda-feira, 04 de fevereiro

Na casa de Dona Lurdes, Paulina é apresentada a Osvaldo e testemunha como ele humilha a esposa. Na mansão todos estão convencidos de que Paulina é uma delinquente, menos Dona Piedade e Patrícia. Paola tem uma séria discussão com Carlos Daniel e percebe que as coisas estão se complicando. Decide então usar a fofoqueira da Lalinha para saber o que quer.
Oferece dinheiro e, é claro, a empregada abre a boca: Paola pergunta se os Bracho desconfiam nela e Lalinha mais do que depressa responde: “desconfiar não, a senhora já foi descoberta”. Ao perceber que caiu numa armadilha, Paola decide ir embora o mais rápido possível, mas a companhia de Alexandre Farina já não interessa mais. Agora ela está de olho em Douglas Maldonado, a quem envia um bilhete dizendo que deseja muito estar com ele. Antes, porém, ela quer brincar um pouco com Carlos Daniel e começa pedindo a ele que a leve até o internato para visitar Carlinhos. A polícia já está investigando o caso Carlinhos, e enquanto isso o menino continua feliz ao lado de seus novos amigos. Leda flagra Carlos Daniel beijando Verônica. Furiosa, ela dá uma bofetada em sua mais nova rival. Osvaldo continua tentando reconquistar Paulina e se aproveita da ausência de sua esposa para assediá-la.

Capítulo 38, sexta-feira, 1º de fevereiro

Dona Piedade está muito angustiada com o desaparecimento de Carlinhos e com a apatia de seus netos que não fazem nada para encontrar o menino. Ela pressiona Carlos Daniel a dar queixa na polícia. Enquanto isso, Carlinhos continua com uma profunda amnésia e não consegue se lembrar de nada. Douglas Maldonado fica sabendo que Paola voltou e a convida para um almoço. Paola vai ao encontro de Douglas extremamente provocante, usa seus encantos para seduzi-lo e ele logo percebe que essa Paola é outra. Essa o faz lembrar a mulher que se fez passar por Noélia e a quem ele tanto amou, por isso se aproveita do momento para propor a ela que abandone o marido e saia pelo mundo em sua companhia. Paulina continua em seu novo emprego e finalmente fica frente a frente com Osvaldo. A conversa não é nada amistosa, ele quer reconquistá-la e ela exige que ele se comporte como se não a conhecesse. Rodrigo e Carlos Daniel decidem dar queixa do desaparecimento de Carlinhos e acabam comprometendo Paulina. Eles contam para o delegado a história da usurpadora e a acusam de estar com o menino em seu poder. Paola vai até o quarto de Estephanie provocar a cunhada e descobre que ela tem em seu poder seu diário íntimo.

Capítulo 37, quinta-feira, 31 de janeiro

No seu primeiro encontro com a família Bracho, Paola cai em muitas contradições: se espanta com a transformação de Estephanie, pergunta a Leda quando voltou e recebe como resposta: “Faz um ano, queridinha, será que você não percebeu a minha presença?” O jantar na mansão dos Bracho transcorre num clima tenso. Paola é tratada com frieza por Carlos Daniel, que depois se tranca no quarto para ler o diário dela. Carlinhos continua desaparecido. O menino está sem memória, mas se sente muito bem na companhia de seus novos amigos. Uma das amigas está decidida a ajudá-lo a encontrar a família. Paulina continua trabalhando na casa de Osvaldo, mas os dois ainda não se encontraram. Através de uma das empregadas da casa, ela fica sabendo que Lurdes não é feliz no casamento, que seu marido é viciado em jogo, vive bêbado e que faz questão de dizer que ela o comprou com seu dinheiro. Na fábrica, todos se surpreendem com a presença de Paola, pois ela age completamente diferente de Paulina e demonstra claramente que está por fora de tudo que ali acontece. Na mansão, ela assedia Willy, que acaba contando que Carlos Daniel quer se divorciar dela para se casar com Verônica.

Capítulo 36, quarta-feira, 30 de janeiro

Aconselhado por Rodrigo, Carlos Daniel decide conversar com Paola como se nada tivesse acontecido, para que ela não suspeite que seu plano fosse descoberto. Rodrigo tem um plano para desmascará-la, mas precisa que todos, inclusive os empregados, sigam à risca suas instruções. Carlinhos continua na casa de Dona Isabel, a mulher que o encontrou. Ela está convencida de que o menino não tem família, pois os jornais não noticiam seu desaparecimento. Paulina começa a trabalhar na casa de Osvaldo, mas ainda não se encontraram. Paola volta para casa e sua maneira de agir faz com que ninguém tenha dúvida de que ela é a verdadeira Paola Bracho. Ao conversar com Lalinha, ela acaba dando vários foras: pede um cigarro, se surpreende ao saber que Estephanie está trabalhando na fábrica e pergunta se Vovó Piedade continua bebendo. Arrogante, ela desce para o jantar e encontra toda a família reunida.

Capítulo 35, terça-feira, 29 de janeiro

O desaparecimento de Carlinhos preocupa a todos e Rodrigo chega a pensar que Paulina sequestrou o menino. Carlos Daniel não acredita em tal hipótese, mas os irmãos o convencem a esperar que a usurpadora ligue pedindo dinheiro em troca do menino. Enquanto isso, Carlinhos continua perambulando pelas ruas da cidade quando sofre um acidente. É encontrado e socorrido por duas mulheres que o levam para uma favela, onde o menino afirma não se lembrar de sua família. Paulina começa a procurar trabalho e o destino vai colocá-la frente a frente com Osvaldo, o noivo que a trocou por outra. Osvaldo está casado com Lurdes, uma mulher rica, que agora está procurando alguém que possa cuidar de sua mãe doente. Paulina conversa com Lurdes e aceita o emprego, agora é questão de tempo para que ela reencontre Osvaldo. Lalinha se surpreende ao atender ao telefone e ouvir a voz de Paola perguntando por Paola. Ao saber do telefonema, Rodrigo prepara um plano  para desmascarar Paola e Paulina. A verdadeira Paola decide voltar imediatamente e liga para Carlos Daniel.

Capítulo 34, segunda-feira, 28 de janeiro

Leda fica sabendo que Paulina foi embora e como tem certeza que a verdadeira Paola está morta, acha que é o momento certo para convencer Carlos Daniel a se casar com ela. Todos na mansão sentem a falta de Paulina e até Rodrigo admite que precisam trazê-la de volta. Paulina reencontra Cecília, que trabalhava com ela no clube, e vai morar na pensão com a amiga, mas sofre muito por ter se separado da família que aprendeu a amar. Estephanie se assusta ao descobrir que Lalinha entregou a Carlos Daniel o diário de Paola, e às escondidas arranca as páginas onde ela falava sobre seu romance com Willy. Carlos Daniel começa a ler o diário e sente ódio de Paola. Dona Piedade conversa longamente com o neto e diz a ele que Paulina o ama. Carlinhos ouve os empregados comentarem que Paola foi embora e decide fugir de casa para procurar “sua mãe”.

Capítulo 33, sexta-feira, 25 de janeiro

Diante da situação, Paulina não tem como negar e não sabe como se desculpar por ter ocupado o lugar de Paola. Ela conta a verdade para Dona Piedade, que lhe dá total apoio e confessa que lamentaria muito se ela fosse embora. Rodrigo e Carlos Daniel se encontram com Luciano para entregar cem mil dólares ao chantagista, mas antes o fazem assinar um documento, onde confessa sua cumplicidade no plano de Paola. Carlos Daniel e Rodrigo decidem que no dia seguinte terão uma conversa com Paulina para esclarecer tudo o que está acontecendo. Embora ainda não tenha sido desmascarada por Carlos Daniel, Paulina sente que ele já sabe de tudo e decide ir embora da mansão. Antes entrega a Lalinha o diário de Paola e pede que ela o entregue a Carlos Daniel.

Capítulo 32, quinta-feira, 24 de janeiro

Ao perceber que o irmão pode por tudo a perder, Rodrigo contorna a situação e não permite que Carlos Daniel desmascare Paulina. Carlinhos leva um tombo e Carlos Daniel, que não consegue mais esconder sua revolta, impede que Paulina se aproxime do menino. A atitude dele deixa Dona Piedade desconfiada de que o neto já sabe da verdade. No meio dessa tempestade, que abalou a mansão dos Bracho, o médico de Carlinhos quer marcar a data para a cirurgia do menino. Estephanie pensa seriamente em sair da mansão antes que a verdadeira Paola regresse. Por outro lado, o milionário Douglas Maldonado manda investigar a vida de Paola e, ao receber o relatório, julga Paulina como uma mulher fácil, pois acredita ser ela a Paola que ele conheceu. Completamente desnorteado, Carlos Daniel decide se separar e faz uma proposta a Verônica. Na mansão a situação se complica a cada dia. Dona Piedade diz a Paulina que todos já sabem que ela não é Paola, mas uma usurpadora. Enquanto isso a verdadeira Paola, ao ver que o dia da sua volta se aproxima, decide pedir a Paulina que fique mais um pouco, pois ela não está disposta a voltar tão cedo para Carlos Daniel.

Capítulo 31, quarta-feira, 23 de janeiro

Carlos Daniel conta para Rodrigo o que acaba de saber, mas os dois decidem não dizer nada até encontrar a verdadeira Paola. Dona Piedade adverte Paulina sobre as suspeitas e lhe dá total apoio. A situação se complica para Paulina, ela diz a Rodrigo que a qualquer momento pode acontecer algo que a obrigue a ir embora e pede a ele que continue seu trabalho na fábrica. Rodrigo conta a Estephanie a verdade sobre Paulina e a deixa muito apreensiva, pois a volta da verdadeira Paola significa uma ameaça para seu casamento. Willy percebe que alguma coisa está acontecendo, pois sua mulher está muito estranha. Carlos Daniel e Rodrigo decidem procurar Luciano Alcântara e exigem que ele conte tudo o que sabe sobre Paulina. Ao voltar para a casa, Carlos Daniel pressiona Paulina para que ela conte toda a verdade. Enquanto isso a verdadeira Paola se prepara para, dentro de uma semana, voltar e assumir seu lugar.

Capítulo 30, terça-feira, 22 de janeiro

Luciano Alcântara liga para Carlos Daniel e desconfia que Leda ouviu sua conversa, pois ela comenta com ele que o primo pagaria o que fosse para saber a verdade sobre Paola. O milionário Douglas Maldonado marca um encontro com “Paola” e Carlos Daniel não consegue esconder seu ciúme. Paulina vai ao encontro sem imaginar que Douglas investigou tudo sobre a vida de Paola. Paulina é humilhada pelo milionário e diz a Bráulio, o empregado de confiança de Douglas, que nunca o perdoará pelo que lhe fez. Patrícia conta a Dona Piedade que Rodrigo está decidido a averiguar toda a verdade sobre Paola. Luciano não desiste de assediar Paulina e ao perceber que não vai conseguir nada, procura Carlos Daniel e conta toda a verdade sobre a usurpadora.

Capítulo 29, segunda-feira, 21 de janeiro

Carlos Daniel continua seu romance com Verônica. Paulina convida sua mais nova rival para um jantar organizado por Dona Piedade, e a noite acaba se transformando numa panela de pressão que pode explodir a qualquer momento. Douglas Maldonado volta ao país e liga para a fábrica procurando por “Paola”. Luciano Alcântara avisa Paulina que acaba de enviar uma carta anônima para Carlos Daniel. Depois de ler o bilhete anônimo, Carlos Daniel comenta com Rodrigo que continua preocupado com a mudança radical de “Paola”. Já o cunhado suspeita que esta “Paola” não passa de uma impostora. Adelina confessa a Dona Piedade que nunca poderá contar a Estephanie seu grande segredo.

Capítulo 28, sexta-feira, 18 de janeiro

Carlos Daniel e Verônica são surpreendidos por Leda, quando estão se beijando apaixonadamente. Mais tarde, as duas brigam por ele e Leda ameaça a secretária. Dona Piedade se preocupa com a situação e, como não consegue convencer o neto a terminar com esse romance, decide entrar em ação para conseguir reaproximar Carlos Daniel e “Paola”. Luciano não consegue tirar nem um centavo de Paulina e decide contar toda a verdade a Carlos Daniel. Enquanto isso, Paulina recebe outra carta de Douglas Maldonado e começa a desconfiar das intenções do milionário.

Capítulo 27, quinta-feira, 17 de janeiro

Rodrigo volta para casa, mas se recusa a reassumir seu cargo na fábrica. Apesar dessa atitude, ele é obrigado a admitir que graças a “Paola” os problemas da fábrica foram resolvidos. Paulina conversa longamente com Viviana, e tenta abrir os olhos da moça para que ela não se deixe levar pelas promessas de Willy. O interesse de Carlos Daniel por Verônica é tão visível, que dona Piedade logo percebe o que está acontecendo entre eles e previne Paulina sobre o perigo que essa mulher representa. Lalinha comete a indiscrição de ler uma carta que Douglas Maldonado enviou para “Paola” e onde o jovem milionário confessa o quanto ela é importante para ele. A data para que a verdadeira Paola volte para ocupar seu lugar na mansão dos Bracho se aproxima e Paulina está cada vez mais angustiada. O plano de Luciano Alcântara, para tirar dinheiro do milionário Alexandre Farina fracassa, e ele decide então voltar a chantagear Paulina exigindo dela US$ 200 mil para continuar calado.

Capítulo 26, quarta-feira, 16 de janeiro

A revelação de Paulina deixa Donato chocado. Ela conta em detalhes como tudo aconteceu e pede a ele que guarde seu segredo. No litoral, Luciano Alcântara procura a verdadeira Paola, se apresenta como primo dela e envolve Alexandre num plano diabólico. Dona Piedade percebe que Adelina também suspeita que “Paola” é outra mulher. Verônica e Carlos Daniel estão cada vez mais próximos. Ele a leva para casa, Paulina descobre e percebe que está perdendo Carlos Daniel. A situação da fábrica melhora a cada dia e Paulina se transforma no cérebro da empresa. Patrícia recebe a notícia de que Rodrigo está internado e que seu estado inspira cuidados. Estephanie passa mal e desmaia. Ao tentar reanimá-la, Paulina diz que ela pode estar grávida. Paulina e Verônica se encontram e a conversa não é nada amigável.

Capítulo 25, terça-feira, 15 de janeiro

Ao saber do envolvimento entre Paola e Willy, Dona Piedade decide que Estephanie e o marido não podem mais continuar morando na mansão dos Bracho, mas Paulina faz Vovó Piedade mudar de ideia e promete ajudar Estephanie. Mais uma vez, Paulina conversa com Estephanie e tenta convencê-la a mudar seu jeito de ser e sua maneira de vestir. Desta vez, ela decide ouvir os conselhos da ”cunhada” e se transforma completamente. A mudança espanta a todos e deixa Willy deslumbrado fazendo com que renasça a paixão que estava adormecida e os dois juram que vão tentar salvar o casamento. Cacilda, uma das empregadas da mansão, surpreende Paulina durante um pesadelo que pode comprometê-la. Rodrigo continua irredutível e se recusa a voltar para a fábrica. Nos Estados Unidos, o milionário Douglas Maldonado admite, numa conversa com seu empregado de confiança, que está apaixonado por “Paola”. Verônica, a nova secretária, é também o novo pesadelo de Paulina. Ela teme que a moça lhe roube o amor de Carlos Daniel. Paulina procura Donato e revela a ele seu segredo.

Capítulo 24, segunda-feira, 14 de janeiro

Paulina tenta explicar a história dos cheques a Carlos Daniel, mas não o convence. No banco, mais uma surpresa: quando o gerente lhe mostra os cheques, ela descobre que a verdadeira Paola está perto dela. Na verdade, Paola está no litoral na companhia de Alexandre Farina, mas o milionário já não está em seus planos, pois ela não pretende se dedicar a um homem inválido. Paulina se sente ameaçada pela sósia e decide lhe escrever pedindo que a deixe em paz. Apesar de todos os seus problemas, Paulina está determinada a salvar Estephanie do inferno em que se transformou sua própria vida. Ela conversa seriamente com Willy e lhe oferece um carro novo caso ele se reconcilie com a mulher e a faça voltar a trabalhar na fábrica. Quando Estephanie fica sabendo do presente de “Paola” se enfurece ainda mais e conta para Dona Piedade que Paola e Willy são amantes. 

Capítulo 23, sexta-feira, 11 de janeiro

Paulina consegue se livrar de Donato prometendo a ele que o procurará para contar um segredo que vai deixá-la em suas mãos. Luciano decide voltar para tirar mais dinheiro de Paulina. Carlinhos continua internado e dando muito trabalho para Paulina e Carlos Daniel. O garoto não quer comer e se recusa a andar com muletas, mas o amor e a dedicação de Paulina ajudam o menino a se recuperar. Na fábrica, ao ser alertado por Leandro, Carlos Daniel descobre que Willy está privilegiando Viviana, pois no seu contracheque há mais dinheiro do que ela ganha. Leda não desiste mesmo de Carlos Daniel e decide pedir um emprego na fábrica, assim terá mais chance de conquistá-lo. Estephanie fica sabendo da briga de Willy com Leandro e com medo de perder o marido está quase decidida a mudar a aparência e o seu jeito de ser. Nos Estados Unidos, o milionário Douglas Maldonado está completamente curado e não para de pensar em Paulina, pois ela o faz lembrar de uma mulher a quem amou e que o fez sofrer  muito (com certeza essa mulher que brincou com os sentimentos de Douglas era a verdadeira Paola), e decide escrever-lhe. Cansado da distância que existe entre os dois, Carlos Daniel exige que “Paola” vá ao médico com ele. Ela fica sem ação diante da exigência. Mas os problemas de Paulina não param por aí: a verdadeira Paola emite um cheque de 20 mil dólares, o banco entra em contato com Carlos Daniel para que “Paola” vá até a agência confirmar a assinatura e Carlos Daniel quer saber de Paulina onde ela gastou todo esse dinheiro.

Capítulo 22, quinta-feira, 10 de janeiro

Willy continua jogando charme pra cima da jovem Viviana. Estela, a secretária, se encarrega de mostrar para Estephanie o bilhete que Willy escreveu para a nova funcionária. Enfurecida ,ela mostra o bilhete para Carlos Daniel e exige que demita a moça ou ela sairá da fábrica. Já em casa, os dois tem mais uma discussão e Willy acaba pedindo o divórcio. Dona Piedade aconselha Estephanie e tenta fazê-la entender, que se não mudar seu jeito de ser, poderá perder o marido para sempre. Na fábrica, Leandro e Willy disputam Viviana no tapa. Leda se encarrega de assustar Carlinhos dizendo ao menino que talvez ele só possa andar com a ajuda de muletas. Dias depois, quando o médico chega com as muletas para que ele possa se levantar, Carlinhos não aceita  sua nova realidade e começa a ter convulsões. Ao voltar para a casa, Paulina é surpreendida por um dos amantes de Paola.

Capítulo 21, quarta-feira, 9 de janeiro

O estado de Carlinhos piora e ele precisa ser operado com urgência. Ao saber que Carlinhos está pior, Paulina volta ao hospital e se desentende com Estephanie. Dona Piedade, preocupada com a instabilidade no relacionamento de "Paola" e Carlos Daniel, conversa com “Paola” e lhe dá total apoio no seu modo de agir e de pensar e diz que sempre estará ao seu lado. Mas esse apoio irrestrito faz Paulina desconfiar que Dona Piedade já sabe que ela é uma impostora. Na fábrica, Willy começa a paquerar Viviana e a jovem se deslumbra com as promessas que ele lhe faz.  Leandro percebe o assédio de Willy e adverte a moça sobre a classe de homem que ele é. Mas os amigos de Leandro dizem que ela é muito oferecida e que vive dando bola para ele. A notícia chega aos ouvidos de Estephanie que fica furiosa e exige que Carlos Daniel demita a moça. Patrícia, a esposa de Rodrigo, está cada vez mais intrigada com a mudança de personalidade de “Paola”, pois, apesar de ter se afastado da fábrica, a “cunhada” decide continuar pagando-lhe o salário como se ele estivesse trabalhando. Paulina e Carlos Daniel recebem a notícia de que houve complicações na operação e que Carlinhos vai demorar para voltar a andar.  O diagnóstico desespera Carlos Daniel e Leda não perde a chance de culpar “Paola”.

Capítulo 20, terça-feira, 8 de janeiro

Paulina fica sem fala ao saber o que a verdadeira Paola pretende fazer contra ela. Viviana começa a trabalhar na fábrica e já está na mira do mulherengo Willy. Carlinhos sofre um terrível acidente no sítio e é transferido para um hospital na capital. Estephanie não perde a chance de provocar “Paola” e a culpa pelo acidente. Enquanto isso, no hospital, Carlos Daniel se assusta diante do diagnóstico. Dona Piedade conta ao amigo Chico, que atendeu um telefonema da verdadeira Paola e teme que ela volte, pois seria um desastre para a família Bracho. Mas, a verdadeira Paola decide voltar ao país, para vigiar Paulina de perto, sua usurpadora.

Capítulo 19, segunda-feira, 7 de janeiro

Luciano decide viajar e tenta convencer Leda a esquecer Carlos Daniel. Mas ela não desiste, usa de todos os recursos para atraí-lo e os dois são flagrados por Paulina. Na piscina da mansão, Carlos Daniel faz duas descobertas que o deixam muito intrigado: se surpreende ao ver “Paola” mergulhando, já que ela sempre teve muito medo de água e descobre que a pinta que ela tinha nas costas desapareceu. Carlos Daniel, contra sua vontade, permite que Carlinhos vá até o sítio do amiguinho Moisés para montar a cavalo. O garoto está animado, só não pode imaginar o que está para lhe acontecer. Em Mônaco, a verdadeira Paola recebe alta médica, vai para a casa que Alexandre alugou e, ao vê-lo numa cadeira de rodas, de onde nunca mais poderá sair, ela toma uma decisão: não pretende estragar sua vida ao lado de um inválido. Willy, interessado no dinheiro que poderá tirar de Estephanie, tenta se reconciliar com a mulher, mas ela não acredita em sua fidelidade. Paulina recebe um telefonema de Paola.

Capítulo 18, sexta-feira, 4 de janeiro

Carlos Daniel tenta convencer Rodrigo a voltar atrás em sua decisão de deixar a fábrica. Estephanie se aproveita da situação criada por Rodrigo para destilar todo seu veneno contra “Paola”, enquanto Dona Piedade mostra ao neto tudo de bom que “Paola” tem feito pelos Bracho. Paulina continua sofrendo com as chantagens de Luciano. Agora ele decide enviar uma carta anônima para Carlos Daniel. Estephanie decide trabalhar na fábrica. A decisão espanta a todos, mas o que ninguém sabe são os verdadeiros objetivos dessa decisão. 

Capítulo 17, quinta-feira, 3 de janeiro

Paulina fica surpresa ao receber um telegrama da verdadeira Paola, quem acreditava morta, onde ela diz que em breve estará de volta para ocupar seu lugar. Leda insiste com Luciano para que conquiste “Paola” na tentativa de que Carlos Daniel se esqueça da mulher para sempre. Luciano liga para marcar um encontro  com Paulina e diante da recusa ameaça denunciá-la como usurpadora. Paulina decide ir ao encontro e Luciano pede 200 mil dólares pelo seu silêncio. Ao saber do empréstimo Dona Piedade parabeniza Paulina e lamenta o espírito derrotista dos netos. Willy, por sua vez,  ameaça “Paola” e exige que  Estephanie receba sua parte. Os Bracho se reúnem com o milionário e ele conta a todos a condição que impõe para emprestar o dinheiro : “Paola” Bracho será sua representante na fábrica e todos tem que acatar suas decisões ou não terão o dinheiro. Rodrigo se manifesta contra e diz que não aceita a condição imposta. Mas o milionário não abre mão e dá um prazo de três dias para que eles decidam se querem ou não o dinheiro que salvará a fábrica da falência. Mas Rodrigo está irredutível e diz a Patrícia que se Paola não abrir mão dos poderes que recebeu de Douglas, ele sairá da administração da fábrica. Leda joga sujo e diz a Carlos Daniel que “Paola” já não o ama, pois se apaixonou pelo milionário Douglas Maldonado.

Capítulo 16, quarta-feira, 2 de janeiro

O milionário Douglas Maldonado começa  investigar a situação financeira da fábrica Bracho. Dona Piedade se orgulha de “Paola”, pela iniciativa de procurar o milionário para tentar solucionar o problema da fábrica, e está cada vez mais convencida de que essa não é a verdadeira Paola. Mas Paulina não consegue agradar  Carlos Daniel  que não aceita que a mulher se meta nos negócios da fábrica. Rodrigo por sua vez, não se conforma com a intromissão da cunhada, coloca em dúvida os métodos por ela utilizados e insiste com Carlos Daniel para que pergunte a ela sob que condições conseguiu o empréstimo. Desconfiado ele faz perguntas a Paola e acabam discutindo seriamente. Ponto para Leda pois é lá que Carlos Daniel vai se refugiar. Em Mônaco, a verdadeira Paola está quase  totalmente recuperada e se prepara para voltar e ocupar o seu lugar na mansão dos Bracho. Estephanie briga com a governanta ao perceber que ela começa a gostar de Paola e Adelina quase conta a ela seu  grande segredo.Paulina finalmente consegue o empréstimo, mas o milionário  impõe uma condição que vai enfurecer os Bracho.

Capítulo 15, segunda-feira, 31 de dezembro

Luciano pede cem mil dólares para ficar calado. Paulina fica completamente desnorteada com a chantagem e com a notícia de que a verdadeira Paola está morta. E, se desespera ao pensar que terá que passar o resto de sua vida no lugar de outra. Carlos Daniel  faz aniversário e Dona Piedade decide dar uma festa em
sua homenagem. Mais um problema para Paulina pois Leda virá à festa e, o que é pior, acompanhada de Luciano. Durante o jantar, Leda não se intimida em assediar Carlos Daniel diante de todos. Para conturbar ainda mais a festa, Félix, o amigo de Donato, liga para provocar ciúme em  Carlos Daniel, dizendo a ele que sua mulher tem muitos amantes e que se procurar em suas coisas vai encontrar a prova de sua infidelidade.
E não dá outra, ao procurar nas coisas de Paola ele encontra uma foto de Donato. Paulina continua decidida a salvar os Bracho da falência e vai procurar
Douglas Maldonado, o milionário que recusou-se a ajudar Rodrigo e Carlos Daniel.  
Ao voltar para casa Paulina tem uma terrível surpresa: Carlos Daniel com a foto de  Donato nas mãos, pergunta quem é esse homem e o que significa para ela.

Capítulo 14, sexta-feira, 28 de dezembro

Paulina e Carlos Daniel discutem seriamente e ela admite que está com ciúme de Leda.
Carlos Daniel e Rodrigo procuram um milionário excêntrico para tentar conseguir um empréstimo, mas o que eles não imaginam é como serão recebidos.
Paulina e Dona Piedade, contra  vontade de Rodrigo e Carlos Daniel,  tomam a frente nas negociações para a venda de uma das propriedades da família.
As duas acabam se dando bem e os irmãos Bracho ficam sem argumentos para criticá-las.
Luciano Alcântara não vê a hora de começar tirar proveito da situação e envia duas cartas para Paulina  onde exige que ela vá encontrá-lo.
Paulina vai ao encontro. Luciano mente descaradamente dizendo  que a  verdadeira Paola morreu num acidente e  chantageia Paulina exigindo que lhe dê parte da fortuna que Paola deixou ou contará a todos que ela  é uma usurpadora. 

Capítulo 13, quinta-feira, 27 de dezembro

Depois de discutir com “Paola”, Carlos Daniel procura Leda. “Paola” viaja, contra a vontade do marido, para tentar conseguir novos clientes para a fábrica.
E Leda se aproveita da fragilidade emocional de Carlos Daniel para tentar reconquistá-lo .
Donato insiste em falar com Carlos Daniel e, aconselhado por Estephanie, vai procurá-lo na fábrica. Os dois tem uma violenta briga e Donato acaba
levando a pior, pois Carlos Daniel, apesar de estar brigado com Paola, não acredita em sua infidelidade.
Em Mônaco, a verdadeira Paola se restabelece do grave acidente que sofreu
e fica sabendo, pelo médico que os atendeu, que Alexandre jamais voltará a andar.
Paulina avisa  que está voltando mas Carlos Daniel não vai esperá-la no aeroporto.
Ao chegar na mansão Paulina começa a procurar pelo “marido” e, ao ligar para a casa de Leda, descobre que os dois estão juntos.

Capítulo 12, quarta-feira, 26 de dezembro

Paulina lê o diário de Paola e fica horrorizada com os planos de sua sósia e de tudo que ela foi capaz. Dona Piedade, como todos na mansão, nota a mudança de Paola mas ela tem certeza de que se trata de outra pessoa, e acaba cometendo a imprudência de comentar com a própria “Paola”. Leda aparece na mansão e Carlos Daniel aproveita a ocasião para humilhar
“Paola” na frente da prima. Depois de discutirem ele vai embora com Leda
e passa a noite em seu apartamento. Luciano não vê a hora de chegar até Paulina para chatageá-la e propõe a Leda um “negócio”: o que me daria se eu conseguisse conquistar Paola
Bracho?” Leda, é claro, aceita o pacto e promete a ele uma grande recompensa caso
consiga conquistar Paola.
Dona Piedade faz uma festa  de confraternização para os operários e promete a eles que a fábrica não será fechada. Carlos Daniel não se conforma em continuar sendo rejeitado pela mulher,e depois de mais uma discussão procura por Leda em seu apartamento. Paulina continua empenhada em conseguir o dinheiro que a fábrica precisa e viaja em busca de novos clientes.
Donato aparece na mansão e se apresenta para Estephanie como um dos
amantes de Paola.

Capítulo 11, segunda-feira, 24 de dezembro

Cada vez mais angustiada com tudo que está lhe acontecendo, Paulina se pergunta por que se parece tanto com Paola. Rodrigo flagra Carlos Daniel e Leda se beijando. Luciano insiste para que Leda o leve até a mansão dos Bracho. Na fábrica, os operários estão em greve e Paulina enfrenta o problema com coragem e determinação deixando Rodrigo e Carlos Daniel surpresos com sua atitude. Ao tomar conhecimento do que está acontecendo na fábrica, Dona Piedade decide ir até lá. Em Mônaco, Paola continua na U.T.I. entre a vida de a morte.
Leda começa a desconfiar do grande interesse que Luciano tem de conhecer os Bracho. E Paulina se apavora ao saber da visita. Estephanie começa uma campanha para desmoralizar “Paola” diante de Dona Piedade e pede o apoio de Rodrigo e Patrícia. Ao chegar em casa Carlos Daniel conhece Luciano. 

Capítulo 10, sexta-feira, 21 de dezembro

Paulina consegue contornar a situação com Donato e ele vai embora sem mostrar o quadro para Carlos Daniel. Durante o jantar, Carlos Daniel faz de tudo para provocar ciúme na esposa. Paulina compra uma briga com Leda ao proibir que ela se hospede na mansão. No apartamento de Leda, Luciano fica sabendo do acidente sofrido por Paola e Alexandre Farina. Na reunião de família, convocada por Dona Piedade para decidir o futuro da fábrica, Estephanie tenta impedir que “Paola” dê sua opinião. A atitude da neta deixa dona Piedade furiosa e ela toma uma drástica e firme decisão: a fábrica não será fechada. Carlos Daniel, que até então era contra as idéias de “Paola”, agora promete apoiar a mulher. Paulina procura Donato para dar um basta na situação que se complica cada vez mais. Em Mônaco, Paola é operada, mas seu estado inspira cuidados. Leda vai até a fábrica e surpreende Carlos Daniel ao beijá-lo no escritório. Paulina recebe um telefonema de Luciano e se apavora.

Capítulo 09, quinta-feira, 20 de dezembro

Paulina, com sua maneira de agir, começa a conquistar os inimigos de Paola. Patrícia e Adelina já a vêem com outros olhos. Enquanto todos se espantam com a total transformação de “Paola”, Dona Piedade tem certeza de ela não é Paola. Leda e Luciano deixam Paris. Ela só pensa em reconquistar Carlos Daniel e ele em tirar proveito da situação chantageando Paulina. Carlos Daniel fala de Leda para provocar ciúme na esposa e consegue, pois Paulina já está completamente apaixonada por ele. Paulina continua sendo ameaçada por Donato, que promete entregar o quadro em que ela posou nua para Carlos Daniel. A chegada de Leda tumultua de vez a vida de Paulina. Sem nenhum pudor, Leda dá em cima de Carlos Daniel. Mas o que deixa Paulina mais assustada é saber que Leda é amiga de Luciano, o amante de Paola. Na hora do jantar, quando toda a família está reunida, Donato aparece com o quadro em mãos.

Capítulo 08, quarta-feira, 19 de dezembro

Paulina pede a cooperação dos operários e garante que a fábrica não será fechada. Carlos Daniel não aceita a intromissão da mulher nos problemas da empresa e pede o divórcio. Prosseguindo em seu objetivo de ajudar a família Bracho, Paulina conversa com Estephanie e a aconselha a mudar para reconquistar Willy. Mas é claro que ela interpreta mal a boa intenção da “cunhada”. Lalinha, a empregada, conta para “ Paola” que Leda logo estará de volta e a previne sobre as intenções da moça, que quer reconquistar Carlos Daniel. Dona Piedade percebe que o casamento de Carlos Daniel e Paola não vai bem e sugere que eles pensem em ter um filho. “Paulina” fica sem ação, pois não sabe mais o que inventar para que Carlos Daniel não se aproxime dela, e sofre ao ver o desespero de um homem que não consegue entender a mudança tão radical da mulher. Estephanie e o marido estão em pé de guerra. Cansado do ciúme doentio da mulher, Willy pede a separação. Paulina já não consegue controlar seus sentimentos e está disposta a disputar com Leda o amor de Carlos Daniel.

Capítulo 07, terça-feira, 18 de dezembro

Paola e Alexandre continuam internados. O estado de Paola é muito grave e deve ser operada de emergência ou entrará num coma sem volta. Carlos Daniel decide reunir a família para informar a todos que a fábrica dos Bracho encerrará suas atividades. Cada vez mais apaixonado, Carlos Daniel insiste com “Paola” para que eles voltem a ter um relacionamento íntimo. Ela, mais uma vez, consegue arrumar uma desculpa, que é óbvio não o convence, mas o afasta. Dona Piedade fica sabendo, por Estephanie, da situação da empresa e se choca com a notícia. Paulina convence Dona Piedade a interferir na situação e lembra o quanto é importante tentar salvar o patrimônio que seu marido e seu filho construíram. Os argumentos de Paulina são fortes e a matriarca dos Bracho convoca um conselho de família para decidir o futuro da empresa. Juntas, elas começam uma campanha para conseguir votos a seu favor. Dona Piedade procura o apoio de Estephanie e Paulina visita Patrícia, esposa de Rodrigo. A preocupação de “Paola” com a empresa deixa Patrícia surpresa. E Paulina está mesmo determinada a ajudar os Bracho, tanto que aparece na fábrica de surpresa e deixa Rodrigo furioso.

Capítulo 06, segunda-feira, 17 de dezembro

Todos estão muito surpresos com a mudança de “Paola” (que se trata da usurpadora Paulina) na mansão dos Bracho. Willy, além de surpreso está furioso, afinal, “Paola” não quer saber dele. Paulina percebe que está cada vez mais apaixonada por Carlos Daniel e sofre com isso por saber que esse é um amor proibido. A verdadeira Paola continua sua viagem ao lado de seu novo amante, o milionário Alexandre Farina. Enquanto isso, Paulina não sabe como se livrar de Donato, o outro amante de sua sósia, que vive lhe fazendo ameaças. Em Paris, Leda e Luciano Alcântara se conhecem e se tornam mais do que amigos. Ele fica sabendo que ela é apaixonada pelo marido de Paola e que está voltando para tentar reconquistá-lo. A fábrica Bracho está atravessando uma terrível crise financeira e os funcionários ameaçam fazer greve. Diante de tantos problemas na fábrica e na mansão, Paulina tenta convencer Vovó Piedade a retomar a autoridade que sempre exerceu e assim  ajudar seus netos no gerenciamento da crise. Em Mônaco, Paola e Alexandre sofrem um terrível acidente.

Capítulo 05, sexta-feira, 14 de dezembro

Donato comenta com o amigo que Paola é outra e confessa que não permitirá que ela brinque com ele. Na mansão, Paulina tenta se livrar do assédio de Willy e luta contra um sentimento que está cada vez mais forte dentro dela: o amor que sente por Carlos Daniel. Vovó Piedade lembra Adelina do segredo que elas guardam e que ele nunca deverá ser revelado. Paulina traz um médico para tentar livrar Dona Piedade do vício. Ao examiná-la, ele garante que em breve ela voltará a ser a mesma de antes. Para salvar a fábrica da falência será preciso muito dinheiro, o que dá certeza a Rodrigo, que odeia a cunhada, de que ela o abandonará assim que souber da real situação da empresa. Mas o interesse de Paulina pelos problemas da fábrica surpreende Rodrigo. Dona Piedade tem uma recaída e Paulina procura o culpado pela embriaguez. Essa e outras atitudes, como o empenho em salvar a fábrica, fazem Carlos Daniel afirmar que ela não é Paola.

Capítulo 04, quinta-feira, 13 de dezembro

Estephanie conversa por telefone com Leda, uma prima distante, que não vê a hora de voltar para tentar reconquistar Carlos Daniel. Estephanie adora a ideia, pois Leda é a única que consegue tirar Paola do sério ao dar em cima de seu marido sem nenhum pudor. Em seu giro pela Europa, Paola se diverte ao lado de Alexandre e Luciano,  seus dois amantes. Na mansão dos Brachos, Paulina, a “nova Paola”, enfrenta alguns desafios: a situação da fábrica que vai de mal a pior e a dependência de Vovó Piedade, um problema que para ela só será resolvido com um tratamento médico. As manhas de Carlinhos a quem ela dedica uma atenção especial, para espanto de Adelina, a governanta, que não entende a mudança tão radical de Paola. E o pior de tudo, não sabe como se livrar das ameaças de Donato, o amante de Paola, cuja existência ela desconhecia. Ele não se dá por vencido e ameaça contar tudo a Carlos Daniel se ela não voltar a agir como antes. Durante uma forte discussão ele rasga sua roupa e descobre que ela não tem mais a pinta nas costas. A explicação de Paola não o convence e ele está certo de que ela não é Paola. Paola decide telefonar para Paulina.

Capítulo 03, quarta-feira, 12 de dezembro

Acusada de roubo, Paulina está a ponto de ser presa, mas Paola convence o gerente do clube a não chamar a polícia e agora tem a jovem em suas mãos. Chantageada, Paulina só tem duas opções: ou se fazer passar por Paola ou ir para a cadeia. Paola prepara Paulina para que ela ocupe  seu lugar, pois está decidida a ir embora com o milionário Alexandre Farina. Na mansão dos Bracho, Estephanie está furiosa com a volta da cunhada, já que ela acredita ser Paola a responsável pelo fracasso de seu casamento. Paulina está pronta para assumir o lugar de sua sósia e parte sem ler a carta deixada por sua mãe. Ao chegar na mansão, Paulina (agora “Paola”) fica impressionada com Carlos Daniel e não sabe o que fazer ao ser beijada por ele. Paola se lembra que não contou a Paulina sobre Donato, seu outro amante, mas agora é tarde demais. Enquanto isso, na mansão, Paulina tenta se livrar das garras de Willy que não entende por que ela está tão diferente com ele. Estephanie está morta de ciúme. Os dias passam, Alexandre cobre Paola de joias enquanto viajam pela Europa. Por sua vez, Paulina começa a se envolver com os problemas da família e não sabe o que fazer para ajudá-los, principalmente no caso de Dona Piedade, que está cada vez mais dependente do álcool. Carlos Daniel estranha as atitudes da mulher e não entende por que ela se recusa a manter relações com ele.

Capítulo 02, terça-feira, 11 de dezembro

Enquanto Paola se diverte no litoral ao lado de Luciano, seu amante, o marido Carlos Daniel e toda a família acreditam que ela está nos Estados Unidos submetendo-se a um tratamento médico. Estephanie detesta Paola e com a ajuda de Adelina, a governanta da família, conspira contra a cunhada. Na fábrica da família, Carlos Daniel e seu irmão Rodrigo não sabem mais o  que fazer para salvar a fábrica da falência e decidem colocar dona Piedade a par da situação. Ao embarcar no navio-cassino do multimilionário Alexandre Farina, Paola usa todo seu charme para conquistá-lo. Enquanto isso, Paulina descobre que Osvaldo foi embora para a capital  sem ao menos se despedir dela. Decidida a levar seu plano a diante, Paola vai até a choupana procurar Paulina, e quando Dona Paula percebe a semelhança entre as duas fica muito angustiada. Na noite seguinte, Paola vai ao clube e obriga Paulina a vestir suas roupas. Ela quer que Paulina se passe por ela diante de Luciano. É só um teste para se certificar de que seu plano de colocar a sósia em seu lugar na mansão dos Brachos dará certo. E o resultado não poderia ter sido melhor. Dona Paula continua muito angustiada depois do encontro com Paola e decide escrever uma carta para a filha. Passa mal e é levada para o hospital onde morre momentos depois. Com a ajuda de Luciano, Paola começa a urdir seu plano para convencer Paulina a aceitar sua proposta. O romance com o multimilionário Alexandre Farina começa a ficar do jeito que Paola gosta, pois ele a presenteia com uma valiosa joia de esmeraldas e brilhantes. Ainda inconformada com a morte da mãe e desiludida ao descobrir que Osvaldo a trocou  por outra, Paulina volta ao trabalho e é vítima do plano  diabólico de Paola. Num ato frio e calculado, ela coloca na bolsa de Paulina a joia que ganhou de Alexandre e a acusa de roubo.

Capítulo 01, segunda-feira, 10 de dezembro

Paulina e Paola. Duas mulheres idênticas na aparência, mas com personalidade e padrão de vida completamente oposto. Paulina é uma moça pobre, que vive com a mãe numa pequena choupana no litoral e trabalha como arrumadeira num elegante clube da cidade. Paulina vive um drama pessoal com a doença de sua mãe. Desenganada pelos médicos, dona Paula se preocupa com o futuro da  filha. Por isso, para tranquilizá-la, Paulina pede a Osvaldo, seu namorado, que se casem o mais rápido possível. Mas, o que ela desconhece são os planos de Osvaldo. Paola, por sua vez, é uma jovem senhora da alta sociedade. Mulher fria, calculista, aventureira e de muitos amantes. Casada com Carlos Daniel, ela só pensa numa maneira de se divertir longe do marido e da família. Um dia, o destino coloca frente a frente Paulina e Paola e, ao perceber a incrível semelhança que existe entre elas, Paola encontra o que procurava para se livrar do marido: fazer de Paulina sua Usurpadora. Ela faz a proposta, mas Paulina se recusa a representar tal papel. Casado com Paola, Carlos Daniel tem dois filhos do primeiro casamento: Carlinhos e Lizete. Vive na mansão dos Brachos junto com a avó, Dona Piedade, com a irmã de criação, Estephanie e com o cunhado Willy, que também é um dos amantes de Paola. Todos na casa conhecem  muito bem a maneira de agir de Paola, mas Carlos Daniel, completamente apaixonado,  não acredita em nada do que lhe contam. Incentivada por Paola, Dona Piedade se transformou numa dependente do álcool e agora que Paola não está, enlouquece a todos para  alimentem seu vício. Os Brachos vivem outro problema, a fábrica da família está numa situação muito difícil e seu futuro preocupa Carlos Daniel. A saúde de dona Paula se agrava  e Paulina se desespera, afinal, não tem dinheiro para comprar os remédios que sua mãe necessita. Paulina pede um empréstimo ao patrão, mas diante da negativa ela só tem uma saída: pedir ajuda a Paola.

Personagens

SOBRE O SBT

GRUPO SILVIO SANTOS

Fechar Barra ,