SBT - Sistema Brasileiro de Televisão
Amor e Revolução

Atores de Amor e Revolução falam da importância de retratar época da Ditadura Militar

Atores de Amor e Revolução falam da importância de retratar época da Ditadura Militar - 24/abr

A Ditadura Militar serve como pano de fundo para toda a trama de Amor e Revolução, primeira novela a se passar nesta fase da história do Brasil.

Para os atores da novela, falar de um tema como esse é muito importante. Claudio Lins, que vive José Guerra em Amor e Revolução, falou da sua expectativa em relação ao tema: "Espero que a novela cumpra o papel de despertar nas pessoas o interesse pelo tema. Pesquisem, estudem e se emocionem com a história do Brasil. Assim, cada um de nós terá a avaliação própria das acontecimentos pra criarmos um país cada vez melhor", disse o ator.

Fábio Rhoden, o Bartolomeu da novela, afirma que falar de um tema tão delicado como este não é para qualquer um: "O SBT e o Tiago Santiago estão de parabéns pela coragem, por mostrar pela primeira vez em novelas esse período do Brasil. É realmente um presente fazer parte desse projeto e poder, junto com vocês, aprender mais sobre a história do nosso país".

Patricia de Sabrit, que estava afastada das novelas há dez anos e está de volta como a Olívia de Amor e Revolução, espera que a novela seja um exemplo para as próximas produções do gênero. "Que a telenovela brasileira não seja apenas entretenimento, mas um instrumento de educação. O Brasil é ´jovem´, mas já tem muita coisa pra contar", concluiu.

Fotos: Lourival Ribeiro/SBT

TwitterFacebookCompartilhe

conteúdo relacionado

publicidade

Seguidores